publicidade

publicidade

Assembleia realiza sessão solene em homenagem ao Dia da Pessoa com Deficiência


A Assembleia Legislativa do Estado do Piauí realizou na manhã desta segunda-feira (11) uma sessão solene pela passagem do Dia Estadual da Pessoa com Deficiência, que se comemorou no último sábado (09). A solenidade contou com a presença de autoridades e representantes das entidades que atuam no segmento da pessoa com deficiência em todo o Estado. A autora da proposição foi a deputada estadual Rejane Dias, que ressaltou o destaque nacional do Piauí vem alcançando em suas políticas de assistência a esse segmento da sociedade.


“O trabalho resultante da parceria entre o Governo do Estado e as entidades da sociedade civil que prestam assistência às pessoas com deficiência tornou o Piauí uma referência nacional nessa área”, destacou a deputada. A parlamentar afirmou ainda que centros de excelência como o CEIR (Centro Integrado de Reabilitação) tornaram possível que as pessoas com deficiência do Piauí pudessem ter o atendimento adequado em seu próprio Estado. “As pessoas passaram a adquirir seus aparelhos ortopédicos bastando para isso, apenas acessar a rede de atendimento, de forma gratuita e em suas próprias regiões, por meio do CEIR móvel”, ressaltou.


O secretário estadual para a Inclusão da Pessoa com Deficiência, Helder Jacobina, iniciou seu discurso na plenária da Assembleia pedindo uma salva de palmas para as pessoas com deficiência. Helder lembrou que uma de suas primeiras ações à frente da SEID foi trazer a responsabilidade pela emissão do Passe Livre intermunicipal para a própria secretaria, o que agilizou o processo de expedição das carteiras e aumentou o número de pessoas beneficiadas. “Em 2009 tínhamos cerca de 1.800 carteiras de Passe Livre expedidas, hoje já passamos de 16.000 e servimos de exemplo para outros estados, como a Bahia, que vai implantar o sistema baseado nas nossas experiências”, informa.


Helder lembrou ainda a importância da interiorização da rede de assistência à pessoa com deficiência, com a atuação do CEIR Móvel e a realização dos Fóruns de capacitação e as Conferências Regionais dos Direitos da Pessoa com Deficiência. “Essas ações serviram para descentralizar a política de assistência às pessoas com deficiência. Através dos fóruns e conferências, a população e os gestores passaram a conhecer a política estadual de assistência à pessoa com deficiência. Mais de 12 mil pessoas foram capacitadas para serem multiplicadores dos direitos da pessoa com deficiência”, acrescentou. O Secretário fez questão de lembrar ainda da Conferência Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência, que será realizada nos dias 28, 29 e 30 de junho, no Atlantic City, em Teresina.


De acordo com o secretário, o diferencial da política de assistência às pessoas com deficiência implantado no Piauí é a participação ativa das entidades de assistência na elaboração das ações. “A nossa política de assistência é construída a partir dos anseios das próprias entidades, por isso sabemos exatamente o que cada região necessita. E é por meio do compromisso do Governo do Estado com esta secretaria que nosso trabalho é possível”.

A presidente do Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência (CONEDE-PI), Helena Lima, lembrou ainda que o Dia Estadual da Pessoa com Deficiência faz referência à criação da SEID e do CONEDE-PI, em 09 de junho de 2003. “Há nove anos iniciamos a implementação de uma política estadual de assistência à pessoa com deficiência e estamos colhendo os frutos desse trabalho”, observou. A deputada Rejane Dias acrescentou ainda que o atual momento é de avaliar os serviços disponibilizados à população, em especial aos mais necessitados, e buscar a prestação de um serviço de excelência.

Por Juarez Oliveira 
COMPARTILHAR:

+1

Música do Dia