publicidade

publicidade

Médico e administradora são presos acusados de concussão pela PF em Parnaíba

Sede da Polícia Federal em Parnaíba
Uma operação da Polícia Federal em Parnaíba que teve início às 14 horas dessa sexta-feira (01/06) resultou na prisão do médico Antônio Silva Machado e da administradora de empresas Claudiane, funcionária do Hospital Nossa Senhora de Fátima. Os dois estão sendo acusados de concussão (ato de exigir para si ou para outrem, dinheiro ou vantagem em razão da função, direta ou indiretamente).

A Polícia Federal realizou busca e apreensão no setor de trabalho do médico e em outros setores do referido hospital. O mandado foi expedido pela Dra. Benedita Maria Barros Araújo Lima, Juíza de Direito da Vara Criminal de Parnaíba.  

Advogado Celso Gonçalves conversando com a reportagem do Acesso343
Os dois foram presos em flagrante delito, porém o advogado Celso Gonçalves Cordeiro Neto que gentilmente conversou com a reportagem do Acesso343, declarou crer que tudo não passa de um mal entendido, já que um dos procedimentos pagos pela suposta vítima não é coberto pelo Sistema Único de Saúde – SUS.

Por orientação dos advogados, Antônio e Claudiane se mantiveram em silêncio durante interrogatório na Polícia Federal e só irão se pronunciar em juízo, devido seus advogados não terem tido acesso ao inquérito de busca e apreensão. 


O inquérito está sendo presidido pelo Delegado Federal Albert Paulo Sérvio de Moura.

Antônio e Claudiane foram levados ainda na noite de sexta-feira (01) por volta 22h45min para a Capitania dos Portos na Avenida Nações Unidas, já que ambos são possuidores de curso superior.

Por Gilson Brito
Fotos: Gilson Brito e Iris Maria
COMPARTILHAR:

+1

Música do Dia