Ministra participa hoje da abertura da III Conferência Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência

Ministra Maria do Rosário
Com presença confirmada da ministra Maria do Rosário, que vem lançar o plano Viver Sem Limite, a III Conferência Estadual vai ouvir as demandas das pessoas com deficiência de todo o Estado do Piauí.

No início da noite desta quinta-feira (28), às 18h, no Atlantic City, será aberta a III Conferência Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência, que contará com a participação da ministra da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, Maria do Rosário. A ministra vem ao Piauí para fazer o lançamento do Plano Viver Sem Limite, que deverá investir cerca de R$ 7,5 bilhões em todo o país, em quatro vertentes principais voltadas às pessoas com deficiência: saúde, educação, acessibilidade e inclusão social.

Para o secretário estadual para Inclusão da Pessoa com Deficiência (Seid), Helder Jacobina, esse evento será um marco nos direitos da pessoa com deficiência, pois além do lançamento do plano Viver Sem Limite servirá também para que o Estado do Piauí possa avaliar as suas políticas públicas relativas à pessoa com deficiência. “Com a realização da Conferência teremos a presença de pessoas de todo o estado que atuam nessa área, e com isso vamos avaliar o trabalho desenvolvido pelo Estado do Piauí. Vamos discutir os pontos em que avançamos e avaliar as áreas em que ainda precisamos avançar”, afirma Helder Jacobina.

Durante a Conferência Estadual serão eleitos os delegados que representarão o Piauí na III Conferência Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência, que acontecerá de 03 a 06 de dezembro, em Brasília. De acordo com a presidente do Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Conede-PI) e Coordenadora Geral da Conferência, Helena Lima, durante o evento serão sintetizadas as propostas colhidas nas sete Conferências Regionais e na Conferência Municipal de Teresina, realizadas pelo Seid e pelo Conede. “Nessas conferências regionais nós ouvimos as demandas de norte a sul do Estado em relação à acessibilidade, educação inclusiva, entre outras”, aponta.

Helena Lima revela que nos três dias de Conferência os participantes vão sintetizar os temas colhidos em todo o estado para poder selecionar 40 propostas que serão levadas para a Conferência Nacional, no fim do ano. O secretário Helder Jacobina explica que além dos debates e da seleção de propostas, o momento máximo da Conferência será a assinatura do termo de adesão do Piauí ao Plano Viver Sem Limite. “A ministra Maria do Rosário fará o lançamento do Plano Viver Sem Limite, e o governador Wilson Martins vai assinar o termo de adesão do Piauí a esse programa que vai mudar as políticas públicas voltadas às pessoas com deficiência de todo o Brasil”, relata.

Em relação aos objetivos da Conferência Estadual, o 1º secretário do Conede-PI, Mauro Eduardo, aponta com o principal deles a identificação dos problemas enfrentados pelas pessoas com deficiência do Piauí, através das propostas colhidas nas Conferência Regionais. “Essas propostas serão condensadas em um relatório final, que será enviado para Brasília e os delegados eleitos aqui terão o papel de defender essas propostas”, ressalta. Mauro destaca ainda que a Conferência é um momento importantíssimo para que o Estado do Piauí possa fazer um apanhado das ações desenvolvidas e identificar os pontos que devem ser melhorados.

Por Juarez Oliveira  
COMPARTILHAR:

+1