Palco Giratório traz espetáculo de dança ao Piauí


O Grupo Grial de Dança (PE) apresenta o espetáculo “A Barca”, nesta sexta-feira (08), às 9h na praça Pedro II, no centro de Teresina. A apresentação integra a programação da segunda etapa do projeto Palco Giratório, realizado pelo SESC. O grupo também fará apresentações em Floriano e Parnaíba. Todas as apresentações são gratuitas.

De Teresina, o Palco Giratório segue para Floriano, onde o espetáculo será apresentado neste sábado, às 19h30, na praça Dr. Sebastião Martins. Já na segunda-feira (11), às 19h o grupo Grial se apresenta na praça de eventos do Porto das Barcas, em Parnaíba.

Antes da apresentação do Grupo Grial, em Teresina, haverá apresentação da Escola de Dança do Piauí – com espetáculo “Boi Mimo de Santa Cecília”, coordenado por Frank Lauro, às 8h, em frente ao Teatro 4 de Setembro. Assim como A BARCA, o boi Mimo de Santa Cecília foi erigido sobre as tradições da cultura popular.

“A Barca” traz o folguedo do Cavalo Marinho para o cerne de um pensamento estético que vem se construindo desde 1997. Um espetáculo de rua que conta histórias populares e eruditas das mais diversas maneiras. Um espetáculo festivo, lúdico, poético, vigoroso e musical. Tudo na sua construção cênica permeia o universo do Cavalo Marinho para construir contações de histórias universais como Dom Quixote, Joana D’arc, Medusa, Romeu e Julieta, Iara e outras.

Em 2012, o Palco Giratório comemora 15 anos de difusão das artes cênicas mais importantes no cenário cultural do país. O projeto é desenvolvido pelo SESC Nacional em parceria com os departamentos regionais da entidade.

SOBRE O PALCO GIRATÓRIO - O Palco Giratório completa 15 anos de itinerâncias e sucessos por todo o Brasil. Nesta estrada, já passaram pelo projeto mais de 170 grupos teatrais, alcançando 2,5 milhões de espectadores. Apoiar manifestações que contribuam para a criação artística e intelectual; democratizar a cultura nacional, promovendo o acesso aos bens culturais, são objetivos cotidianos do SESC. O Projeto Palco Giratório reflete bem este compromisso e se consolida, a cada ano, como uma marca no registro histórico das artes cênicas em nosso país.

A BARCA
O espetáculo A Barca traz o folguedo do Cavalo Marinho para o cerne de um pensamento estético que vem se construindo desde 1997. O Grial considera que no universo das Tradições está um saber que precisa ser compreendido e adquirido. Com essa base de conhecimento, se empreende a criação de uma escritura coreográfica. O jogo cênico dos mestres e brincantes (onde a dança, a musica e o teatro não se dissociam) vai muito além de corpos que inspiram. É conhecimento antigo e fundamentos inconscientes que, uma vez compreendidos, TORNAM-SE material de construção estética para a dramaturgia brasileira de todas as artes. Acreditando que o Cavalo Marinho é um dos mais ricos folguedos brasileiros, o Grial aproveita o processo de criação d’A Barca e adentra nesta brincadeira na tentativa de compreender seu funcionamento e jogo cênico para, a partir dessa vivência, avançar na sua escritura coreográfica. “A Barca” recebeu o Prêmio Interações Estéticas do Minc em março de 2010 e foi esse apoio que possibilitou uma vivência por um período de 04 meses onde os brincantes e o Grupo Grial habitavam em uma mesma residência onde faziam aulas e improvisações visando a criação do espetáculo.

SOBRE O GRUPO GRIAL – O grupo Grial de Dança foi criado em 1997 por Ariano Suassuna e Maria Paula Costa Rêgo. Suassuna é poeta, escritor, membro da Academia Brasileira de Letras. Mentor do Movimento Armorial buscava retomar a pesquisa sobre a linguagem da dança e encontrou em Maria Paula o fio condutor necessário para transformar a ideia em movimento. Já Maria Paula é formada em Dança pela Universidade da Sorbonne - Paris, ex-bailarina do Balé Popular de Recife e da Cia de Dança Les Passagers - Paris.

Maria do Livramento Machado
COMPARTILHAR:

+1