Alunos do IFPI são selecionados para estudar em Portugal e Espanha


O processo de internacionalização do Instituto Federal do Piauí começa a apresentar seus primeiros resultados. Franklin Guimarães, José Welinton Nogueira e Luiz Henrique Portela, alunos do curso de Engenharia Mecânica do Campus Teresina Central, foram selecionados para estudar em universidades de Portugal e Espanha através do Programa Ciência sem Fronteiras.

Com bolsas custeadas pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), os três estudantes devem viajar em setembro. “Estou muito feliz com essa oportunidade. A busca pelo conhecimento em outro país será um grande desafio que iremos certamente superar”, confia Franklin, que vai estudar durante um ano na Universidade do País Basco, em Bilbao (Espanha).

Para o reitor Francisco das Chagas Santana, a seleção é apenas a primeira de muitas que virão. “Acreditamos que esses são os primeiros resultados dos contatos que realizamos durante visita à França no mês de março”, diz. O reitor acrescenta que, ainda no segundo semestre, o IFPI vai abrir seleção para o preenchimento de 40 vagas em um curso de Francês, voltado para os testes de admissão, que tem como objetivo preparar os interessados em participar do Ciência sem Fronteiras.

O programa busca promover a consolidação, expansão e internacionalização da ciência e tecnologia, da inovação e da competitividade brasileira por meio do intercâmbio e da mobilidade internacional. Devem ser concedidas até 75 mil bolsas em quatro anos para promover intercâmbio, de forma que alunos de graduação e pós-graduação façam estágio no exterior com a finalidade de manter contato com sistemas educacionais competitivos em relação à tecnologia e inovação.

Por Elizabete Sales  
COMPARTILHAR:

+1