publicidade

publicidade

Cerac promove feira agroecológica do P1+2 em Pedro II


Será a 1ª FEIRA AGROECOLÓGICA dos Agricultores e Agricultoras beneficiadas com o P1+2

Os agricultores beneficiados pelo Programa Uma Terra e Duas Águas (P1+2), são incentivados a praticarem a agricultura orgânica, um processo de cultivo que resulta em produtos saudáveis, de alto valor nutricional porque são produzidos sem agrotóxico. Para incentivar a venda dessa produção, o Centro Regional de Assessoria e Capacitação – CERAC juntamente com as Comissões Municipais de Pedro II, Lagoa de São Francisco e Milton Brandão promovem no dia 06 de junho a 1ª FEIRA AGROECOLÓGICA dos Agricultores e Agricultoras beneficiadas com o P1+2.

A Feira vai ser realizada na Praça Domingos Mourão Filho (Praça da Igreja Matriz) em Pedro II e contará com a participação de 75 agricultores dos municípios de Pedro II, Milton Brandão e Lagoa do São Francisco. Essas famílias são beneficiadas com tecnologias sociais do P1+2 que acumulam e guardam a água da chuva para serem usadas na produção de alimentos, vegetal e animal.

Durante a execução do P1+2 os agricultores são incentivados a produzirem de forma sustentável, respeitando o meio ambiente e preservando a saúde das famílias. Para isso eles passam por capacitações e conhecem metodologias simples que prevê o manejo adequado da água e dos recursos naturais, baseando-se nos princípios agroecológicos. A produção é feita sem o uso de sementes geneticamente modificadas, pesticidas, herbicidas, fungicidas que podem poluir a água e o solo.

O coordenador do P1+2 na região, José Maria Saraiva, explica que a ideia da Feira Agroecológica surgiu como uma forma de mostrar a melhoria da qualidade de vida a partir da produção e consumo de orgânicos e incentivar as autoridades locais a criarem um ponto de venda de produtos da agricultura familiar de base agroecológica “se tivéssemos um ponto de venda para essa produção, daríamos oportunidade para população comer um alimento saudável e estaria incentivando a agricultura familiar sustentável, porque se você abre esse espaço, está incentivando essas famílias a produzirem de forma orgânica”, diz.

Neste dia será comercializada a produção de hortaliças, verduras, cereais, mel, ervas condimentares, ovos e galinhas caipiras, castanhas de caju, secos e molhados. Na feira também terá um  espaço para apresentação de um Banco de Sementes da Fartura, (Sementes Nativas), que são produzidas e coletadas pelas famílias.

A animação do evento fica por conta do forró pé-de-serra da Banda Raízes do Nordeste do Município de Pedro II.

Por Paula Andreas
Comunicadora Popular do CERAC
COMPARTILHAR:

+1

Música do Dia