publicidade

publicidade

Club Rex, música e diversão com o requinte e a tradição do cinema mais tradicional de Teresina


Inaugurado em 1939, o antigo Cine Rex, foi um dos principais palcos do desenvolvimento da cena cultural em Teresina, o cinema permaneceu em funcionamento por 65 anos e entrou para a história do país como o cinema de rua de maior longevidade do Brasil.

Localizado na Praça Pedro II, o Cine Rex teve sua bela fachada tombada como patrimônio histórico de Teresina, mas ao longo dos anos, esta obra prima foi perdendo seu brilho e, com o fim do cinema, o prédio acabou sendo deixado de lado pela sociedade teresinense, servindo apenas como paisagem, ao lado do tradicional Teatro 4 de Setembro.

Mas esta realidade está prestes a mudar. Os empresários Mônica Vaz e Giorgi Mesquita trazem à Teresina o Club Rex, que chega com uma proposta de revitalizar esse prédio, que já foi o palácio da sétima arte no Piauí, e trazer de volta todo o movimento e todo encanto que o centro de Teresina merece. Um passo importante para a revitalização do ao centro da cidade que contribui com o seu papel de atrair a juventude da capital para momentos de diversão.

Um ambiente moderno e música de qualidade. Além de uma estrutura toda projetada para oferecer conforto ao público presente e convidados VIPs, o Club Rex abrirá suas portas no dia 12 de julho, com uma proposta inovadora no que se diz respeito ao conceito de festa em Teresina.

Quem toca no Club Rex – Samba Santa Clara

A inauguração do Club Rex será marcada por uma roda de samba pop. Esta é a melhor maneira de definir o sambalanço do Santa Clara, comandada por Rodrigo Lampreia e Beto Landau.

Nascida no Carnaval de 2011 no Rio de Janeiro, a banda estreou prestando uma homenagem ao mestre Jorge Ben Jor, valorizando e resgatando parte de sua obra. Em formato antigo e original, criado nos sambas do subúrbio carioca, se apresentavam em volta de mesas, no meio do público. A receita – simples e criativa – atraiu milhares de pessoas ao longo dos ensaios no 00, na Gávea, zona sul do Rio no Carnaval de 2011 e deu notoriedade aos rapazes.

O sucesso a jato não permitiu que a batucada parasse e logo lotaram a agenda de shows durante o ano todo de 2011. Fizeram shows em diversas casas e eventos e os levou até para uma mini turnê, em Agosto de 2011, pela Europa.

Os cantores e frontman são Rodrigo Lampreia e Beto Landau. Ambos cantores e compositores, se juntaram para criar o grupo. Montaram repertório baseado na obra de Jorge Ben, ídolo dos dois, além de músicas autorais, misturado com sucessos de Tim Maia, Roberto Carlos, Seu Jorge, Marisa Monte, Lulu Santos, sambas antigos e até pagode, a febre dos anos 90. Tudo isso num formato original de roda de samba com pegada pop vindo de baixo, bateria e metais.

Rodrigo ficou conhecido quando Amy Winehouse deu uma canja em seu show em Londres. Seu carisma, versatilidade e vozeirão trazem a interatividade com o público e alegria a festa. Beto com seu estilo rapper, combina freestyle com swing bem carioca, trazendo surpresas inusitadas ao show. Já tem um disco lançado e foi parceiro de Rodrigo na banda de baile Guanabara Social Clube. Recentemente gravaram a musica “Carol ou Clarisse” - de autoria dos dois - com a luxuosa participação da Mart’nália. Em menos de 10 dias, a musica chegou entre as 10 mais pedidas da rádio MPB FM 90, 3 do Rio.

O Santa Clara anima a festa por onde passa, toca e canta sucessos da nossa MPB, faz o show virar baile e emociona qualquer um que se junta à festa.

Égide Assessoria de Comunicação e Marketing
COMPARTILHAR:

+1

Música do Dia