publicidade

publicidade

Educação do Município pode iniciar greve no 1° dia letivo de agosto


A SEMEC não está cumprindo os acordos firmados para o fim da greve no início do ano

O indicativo de greve foi aprovado na ultima assembleia da educação da educação, no dia 28 de junho. A categoria decidiu que fará Assembleia no primeiro dia letivo de agosto, com indicativo de greve, caso não sejam cumpridos os compromissos assumidos e registrados em ata para suspensão do movimento grevista da educação municipal, que durou 87 dias, no início deste ano.

Entre eles estão o cumprimento da lei 11.738 e a decisão judicial que determina o Horário Pedagógico de no mínimo, 1/3 da carga horária; a realização de eleições para direção de todas as escolas e CMEIS até agosto, conforme a lei nº 4274 de 17 de maio e 2012; fardamento, escala de 24/72 h e auxílio-refeição para agentes de portaria; pagamento da GEEP de R$ 150,00, conforme a lei nº 4.254 de 04 de abril de 2012.

Além destes pontos, estão a colocação auxiliares em todas as turmas com 15 alunos ou mais nas CMEIS; reformulação do plano de cargos com participação do SINDSERM. Além disso, exigimos a substituição imediata do vale-transporte eletrônico pelo auxílio-transporte, ou seja, o valor dos vales em dinheiro.

SINDSERM
COMPARTILHAR:

+1

Música do Dia