publicidade

publicidade

ADUFPI realiza assembleia para decidir sobre continuidade da greve


Nesta sexta-feira (03), a partir das 15h, a Associação dos Docentes da Universidade Federal do Piauí (ADUFPI), se reunirá em assembleia para deliberar sobre os rumos da greve dos professores na atual conjuntura. Os campi de Parnaíba, Bom Jesus, Picos e Floriano participarão por meio de videoconferência. Na última assembleia realizada pela Associação, todos os campi votaram pela continuidade do movimento grevista.

Na noite de ontem (02), o Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (ANDES-SN) e o Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica (Sinasefe), que representam a maioria das universidades em greve, rejeitaram oficialmente a proposta apresentada pelo governo no último dia 24 de julho. Apenas a Federação de Sindicatos de Professores de Instituições Federais de Ensino Superior (Proifes), que representa apenas cinco universidades aceitou a proposta.


Em nota publicada pelo Sinasefe, o Proifes alegou que cerca de três mil professores votaram pelo término da greve. No entanto, a federação possui mais de 90 mil docentes que responderam através das suas assembleias de base contrários as duas propostas do governo apresentadas até agora.

De acordo com o presidente da ADUFPI, Mário Ângelo, 61 assembleias rejeitaram a proposta apresentada no dia 24 de julho.

“Ontem, o ANDES-SN apresentou um documento ao secretário de Relações do Trabalho do Ministério do Planejamento, Sérgio Mendonça, rejeitando majoritariamente todas as propostas apresentadas, pois as mesmas aprofundam a desestruturação da carreira, ferem a autonomia universitária, bem como não propõem reajustes salariais que levem em consideração a inflação do período”, afirmou o presidente da ADUFPI.

No entendimento do Comando Local de Greve-UFPI, o comportamento do governo revela a estratégia que sempre orientou a sua posição: a montagem de uma farsa da negociação, desrespeito à categoria e o descaso com a educação pública.

Assessoria da ADUFPI
COMPARTILHAR:

+1

Música do Dia