Justiça Federal concilia mais de R$ 1,6 milhão em processos do Construcard


A Justiça Federal no Piauí iniciou mutirão de audiências de conciliação de processos que envolvem o financiamento de material de construção pela Caixa Econômica Federal – Construcard. Até quinta-feira (09), serão realizadas 125 audiências com o objetivo de negociar débitos no valor total de R$ 1.685.221,27.

Para Antônio Silva, cliente do Construcard, o mutirão foi a oportunidade que esperava para quitar a dívida. “Eu fiz o financiamento para aumentar minha casa. Coisa pouca, construir mais um quarto. Mas não consegui pagar. Agora, fui chamado aqui pra negociar a minha dívida. É uma oportunidade boa, porque tenho realmente a intenção de pagar. Quero ficar com o nome limpo e a consciência tranquila”, declarou.

De acordo com o juiz federal Lucas Mariano Cunha Aragão de Albuquerque, o mutirão de conciliação visa, além de solucionar conflitos judiciais por meio do diálogo entre as partes, consolidar a cultura da conciliação no Piauí.

“Há um crescimento no número de demandas judiciais em todo o país. Por outro lado, temos conseguido resultados expressivos por meio de conciliações. A conciliação torna a Justiça mais célere e os resultados são mais satisfatórios, porque construídos pelas partes, que dialogam e chegam a bom termo”, ponderou o juiz federal Lucas Mariano Cunha Aragão de Albuquerque.

O superintendente regional da Caixa Econômica Federal no Piauí, Emanuel do Bonfim Veloso Filho, destacou a alta probabilidade de acordo nos processos do mutirão. “Analisamos previamente todos os processos e estamos oferecendo descontos que variam entre 70% e 85%, com opção de pagamento parcelado em até seis vezes. Temos tido muito sucesso em todos os mutirões realizados em parceria com a Justiça Federal no Piauí e certamente este também será bem sucedido”, afirmou o superintendente regional da CAIXA.

Segundo o juiz federal Lucas Mariano Cunha Aragão de Albuquerque, é importante que as pessoas compareçam às audiências, a fim de tentar o acordo e solucionar a pendência judicial: “Intimamos as partes com antecedência, mas o cidadão que não foi intimado mas tem débitos do Construcard e sabe que a Caixa Econômica Federal já ingressou com processo judicial para cobrar essa dívida pode comparecer à Justiça Federal no Piauí e solucionar a inclusão do seu processo no mutirão. Para quem recebeu a intimação, é importante comparecer à audiência. Não há demoras no atendimento. As audiências duram, em média, meia hora. É uma oportunidade ímpar de retirar seu nome das linhas de restrição ao crédito e de resgatar seu poder de compra”.

Viviane Bandeira -Seção de Comunicação Social (SECOS)
Justiça Federal do Piauí
COMPARTILHAR:

+1