publicidade

publicidade

Professores e estudantes realizam protesto na UFPI


Na manhã de segunda-feira (27), o Comando Local de Greve dos professores da Universidade Federal do Piauí (CLG-UFPI), juntamente com o Comando de Mobilização Estudantil realizaram um protesto no pórtico da universidade.

De acordo com o presidente da Associação dos Docentes da Ufpi (Adufpi), Mário Ângelo, a manifestação teve o intuito de chamar a atenção para a necessidade de que o Governo Federal negocie com os docentes das instituições federais e o impasse seja solucionado. "Os professores querem o fim da greve, mas com acordo de reajuste salarial, onde nossas mínimas reivindicações sejam atendidas", destacou o presidente da Adufpi.

Para os docentes, o dia 31 de agosto, prazo final para o envio da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) ao Congresso Nacional, não se configura como o fim da greve, a frente de luta, apenas, será deslocada para o Legislativo.

"Esta data, na verdade, é o prazo que o Governo tem para encaminhar a sua previsão orçamentária ao Legislativo. Após esta data, as tensões da nossa luta se darão também num novo campo – o Congresso Nacional –, passível às pressões políticas. Com isso, o movimento docente terá como interlocutor não só o Executivo, mas também o Legislativo. Isso amplia nossas possibilidades de avanço das nossas reivindicações”, ressalta Mário Ângelo.

A Comissão de Educação já aprovou a realização de uma audiência pública para a próxima quarta-feira (29), às 10h, com as presenças dos ministros da Educação, Aloizio Mercadante, e do Planejamento, Míriam Belchior, e presidentes de associações nacionais de professores, reitores, trabalhadores em educação e de estudantes para discutir sobre a greve dos professores. A ideia é resolver o impasse entre os docentes e o governo federal por meio de acordo entre as partes.

Durante a reunião da Comissão de Educação, os professores realizarão uma vigília para acompanhar as negociações.

Assessoria de Imprensa  
COMPARTILHAR:

+1

Música do Dia