Renato Bacellar recebe solidariedade de desembargador

Renato Bacellar
O Desembargador José Soares de Albuquerque, do Tribunal de Justiça do Piauí, endereçou ao jornalista, professor e advogado Renato Bacellar, a propósito do que chamou de “...episódio forjado maquiavelicamente no laboratório da infâmia...”, a correspondência que se vê transcrita abaixo:

“Teresina, 14 de agosto de 2012

Dr. Renato Araribóia de Britto Bacellar,

O tsunami que se abateu sobre sua pessoa, nesses últimos dias do mês de agosto, não fora suficiente para lhe tirar do sério, da razão, do sono, da responsabilidade, de sua estrada límpida de sucessos; abalar o seu prestígio no seio da sociedade parnaibana, teresinense e, principalmente de sua piauiensidade; deslustrar o seu patrimônio moral, cultural; desonrar o seu conceito de cidadão probo, honesto, cônscio de seus deveres e obrigações; atingir ao homem correto, incorruptível; ofender ao profissional da advocacia que desempenhastes com zelo, dedicação e maestria; não alcançou ao cidadão público, casado, comprometido com a grandeza de sua cidade natal, do Estado e do País; não merece a mais mínima atenção de sua parte, dos amigos, tampouco das instituições que servistes com denodo, parcimônia, caráter inconfundível.

Essas acusações malévolas são comuns aos homens destituídos de saber jurídico, bons costumes e, primordialmente, de boa vontade em ouvir primeiro para depois julgar. O julgamento antecipado é próprio dos déspotas.

Esta carta é a expressão máxima escrita por um cidadão que o conhece desde a sua formação jornalística na Rádio Difusora de Teresina, ainda jovem, em busca de notícias nos quatro cantos da cidade; do vereador de Teresina que o acompanhou bem de perto sua luta, sacrifício para bem e melhor informar aos ouvintes da Difusora; é, também, do Desembargador que leu suas peças jurídicas com a admiração ao profissional da advocacia que escreve com fundamentação, embasamento, e convencimento; e, por tudo isso, Dr. Renato Bacellar, posso testificar que jamais alguém ouviu uma notícia de sua lavra que fosse destituída da verdade; ninguém ousou dizer que as notícias levada ao ar pelo repórter Renato Bacellar, seriam fantasiosas. Alias, é uma característica do cidadão Renato Bacellar que exerceu cargos importantes nos municípios de Teresina e Parnaíba com singular sabedoria e profundo respeito aos seres humanos.

Enfatizo, também, Dr. Renato Bacellar, acerca de sua carreira de advogado vitorioso por sua combatividade, destemido e responsável. Nessa área não há lamento de cliente. O seu passado fala mais alto. Tenho autoridade moral para proclamar a Vossa Excelência, Dr. Renato Bacellar, que o Piauí e o seu povo, sentem-se atacados em sua honra pelas brutais violências praticadas contra a sua pessoa. Receba, pois, minha irrestrita solidariedade diante do episódio forjado maquiavelicamente no laboratório da infâmia.

Erga, Dr. Renato Bacellar, a cabeça. Vá em frente. Afinal o escritor Cândido Nocedal, em citação, neste sentido, expõe: “NÃO HÁ NADA MAIS SATISFATÓRIO NO CURSO DA VIDA DE UM HOMEM PROBO QUE HAVER CUMPRIDO O DEVER”.
Cordialmente,

Desembargador José Soares de Albuquerque.”
COMPARTILHAR:

+1