Campanha dos candidatos do PT já ultrapassa os 14 milhões de reais


Recentemente dois blogs de Parnaíba a serviço do candidato da prefeitura, publicaram dados do TSE sobre “campanhas milionárias” de certos candidatos. Ora, quem tem rabo de palha, não passa perto de fogueira. As supostas campanhas milionárias, pelo jeito são comuns a todos os partidos e a quase todos os candidatos. Basta uma rápida olhada no “DivulgaCand” para constatar que o PT, partido do candidato da prefeitura, tem, de longe, as campanhas mais caras de todos os tempos já realizadas em Parnaíba. Também pudera, é hoje um dos partidos mais ricos do Brasil, fruto de vários anos no poder, cujas contribuições dos filiados ajudaram recuperar a saúde financeira do partido que em anos pré-lula-presidente, vivia às moscas e mais quebrado que arroz de terceira.

Presidente do PT de Parnaíba - Edivan França: R$ 1.800.000,00
Segundo o “DivulgaCand”, os valores declarados por alguns candidatos do PT para torrar na campanha, já ultrapassam os 14 milhões de reais, isso somando-se apenas sete ou oito candidatos. O que chama a atenção é que esses sete ou oito declararam valores iguais: um milhão e oitocentos mil reais cada um. Alguns desses não têm sequer onde caírem mortos, pois não declararam bens, mas dispõem de quase dois milhões de reais para “queimar” na campanha. Não seria uma manobra para desviar recursos? Uma espécie de “caixa dois” para a campanha majoritária? Talvez o candidato Edivan França tenha, de fato, esse dinheiro todo, pois como presidente do PT tinha acesso quase irrestrito às finanças do partido, mas os outros, de onde tirariam essa verba para financiar suas campanhas? Uma pessoa desconfiada diria “aí tem coisa”...mas isso são outros R$ 500.000,00.

Vereador de Parnaíba - Antônio Alves Cardoso: R$ 1.800.000,00
- Fátima Carmino:
R$ 1.800.000,00 (Um milhão e oitocentos mil reais)

- Francisco de Assis Firmino Sampaio (Fortes):
R$ 1.800.000,00 (Um milhão e oitocentos mil reais)

- Maria Antônia de Oliveira dos Santos:
R$ 1.800.000,00 (Um milhão e oitocentos mil reais)

- Ribamar Souza Silva:
R$ 1.800.000,00 (Um milhão e oitocentos mil reais)

- Luiz Antônio Campos de Araújo:
R$ 1.800.000,00 (Um milhão e oitocentos mil reais)

- Miguel Souza Arruda:
R$ 1.800.000,00 (Um milhão e oitocentos mil reais)  

Blog do Pessoa
COMPARTILHAR:

+1