publicidade

publicidade

Batalha: “Emboscada, quem sofreu fomos nós”

Estudante Amaro Júnior
Em resposta à matéria “Antonio Lages denuncia emboscada”, a advogada Mara Rodrigues informou a reportagem que quem sofreu uma emboscada foi o filho do prefeito, o estudante Amaro Júnior, com um primo e um simpatizante conhecido como Zé da Rosa.

De acordo com a advogada, Amaro Júnior recebeu um convite de uma liderança, após a decisão de cassação do registro de candidatura de Antonio Lages, para visitar a comunidade Araiozes ,em virtude de novas adesões que estavam surgindo para o grupo do então prefeito Amaro Melo (PTB). Chegando ao local, o líder político da região, acompanhado de seu filho e de Amaro Junior, adentraram para a casa onde estava marcada a reunião.

Aguardando no veículo, ficaram um primo de Amaro Júnior e o simpatizante Zé da Rosa, momento em que perceberam a aproximação de um veículo em velocidade baixa. Nessa hora, de pronto, desceram dois seguranças da Hillux do ex-prefeito Antonio Lages com armas em punho e apontando para a cabeça dos dois cidadãos que já se encontravam fora do veículo.

Em seguida os seguranças do ex-prefeito imobilizaram o Sr. Zé da Rosa, momento em que desceu da Hilux o próprio ex-prefeito Antonio Lages e Eduardo “Masca Pau”, o qual passou a perguntar pelo filho de Amaro Melo, pois “já estavam há dez dias à procura do mesmo e que agora ele ia ver”.

Percebendo a confusão e vendo que Eduardo “Masca Pau” e um dos seguranças empreenderam perseguição, ambos com armas em punho, Amaro Júnior conseguiu fugir pelos fundos da casa onde a reunião ocorria, sendo ainda perseguido por um bom período a pé.

Quando desistiram da perseguição, Eduardo “Masca Pau” e o segurança retornaram ao local onde estava o Sr. Zé da Rosa, imobilizado pelo outro segurança armado, e o primo de Amaro Júnior, momento em que o Eduardo “Masca Pau” lançou o seguinte recado para este último e à frente do ex-prefeito Antonio Lages: “Avise pra ele que a gente vai pegar ele, que estamos atrás é dele”.

Nessa hora, todas as pessoas da comunidade passaram a reprovar a atitude do ex-prefeito que só observava as atrocidades praticadas pelos seus seguranças e simpatizantes, em especial, quando pegaram o Sr. Zé da Rosa, deram-lhe vários murros e chutes, e , ao final, jogaram-no na carroceria da Hillux do ex-prefeito, como se fosse um animal, conduzindo-o até a Delegacia de Polícia local e durante todo o trajeto vindo a sofrer todo o tipo de agressão e ameaça de morte.

Assim que chegaram à delegacia, vários partidários de Antonio Lages já o aguardavam, como se tudo estivesse planejado, tendo, inclusive, ocorrido agressões ao Sr. Zé da Rosa dentro da delegacia por parte dos seguranças do ex-prefeito e seus cabos eleitorais, que chegaram até a quebrar uma lanterna na cabeça do mesmo.

Não bastasse todos os boletins de ocorrência feitos pelos candidatos da Coligação Batalha para Todos que foram vítimas das atrocidades cometidas pelo ex-prefeito Antonio Lages e seus Correligionários, mais uma vez, este é que vem se fazer de vítima perante a população que já não acredita mais em suas mentiras, finalizou a Advogada Mara Andrea Rodrigues, rogando que as autoridades locais evitem o pior.

Folha de Batalha
COMPARTILHAR:

+1

Música do Dia