publicidade

publicidade

Parnaíba tem Centro de Equoterapia filiado à ANDE-Brasil


Na última semana os profissionais que atuam no Centro de Equoterapia da Polícia Militar do Piauí, na cidade de Parnaíba, tiveram o seu trabalho reconhecido nacionalmente. O Centro recebeu o sinal positivo da Associação Nacional de Equoterapia (ANDE-Brasil) e tornou-se o primeiro do Estado a possuir esse reconhecimento. A Comandante do 2º Esquadrão de Polícia Montada (EPMon), Capitã Iris França, ressalta que essa filiação representa o reconhecimento de um trabalho que vem sendo realizado há sete anos.

A Capitã explica que um dos requisitos exigidos para a filiação de um Centro de Equoterapia junto a ANDE-Brasil é a presença de profissionais concursados. Além disso, o Centro tem que contar com estrutura adequada, possuir banheiros adaptados e animais dóceis para o atendimento ao público. “Hoje atuamos com cerca de 15 profissionais. Contamos com psicólogo, terapeuta ocupacional, fisioterapeuta, educador físico, fonoaudiólogo, profissionais de equitação, entre outros. A equipe ainda é pequena, mas depois desse reconhecimento temos a pretensão de expandir”, informa.

O Centro de Equoterapia da Polícia Militar do Piauí, em Parnaíba, atende atualmente cerca de 30 crianças e adolescentes nas segundas, quartas e sextas, no horário de 07h30min às 10h30min. A fisioterapeuta Vivianne Moura, da Secretaria Estadual para Inclusão da Pessoa com Deficiência (SEID), explica que essa filiação é fruto de muito trabalho e dedicação tanto por parte dos profissionais quanto das entidades parceiras. “Essa filiação é um grande reconhecimento do trabalho desenvolvido pelas entidades parceiras, que não medem esforços para garantir um tratamento de qualidade para os pacientes assistidos pelo Centro”, reforça.


Ainda de acordo com a Capitã Iris, com a filiação do Centro à ANDE-Brasil, os profissionais e os pacientes em tratamento passam a contar com um seguro contra acidentes. Outro ponto que pode aumentar a qualidade do atendimento é que a partir de agora, as empresas que quiserem fazer doações ao Centro podem deduzir esses valores do seu imposto de renda.

O Secretário Estadual para Inclusão da Pessoa com Deficiência, Helder Jacobina, ressalta que o Governo do Estado do Piauí tem o compromisso em aprimorar cada vez mais a inclusão das pessoas com deficiência. “Dessa forma queremos sempre ampliar e melhorar as condições dos acessos às políticas de inclusão no nosso Estado, com a consequente melhoria na qualidade dos serviços prestados”, destaca.

O Centro de Equoterapia da Polícia Militar do Piauí em Parnaíba funciona por meio de uma parceria entre a Polícia Militar do Piauí, SEID, APAE-Parnaíba e prefeitura municipal de Parnaíba. “Atendemos toda a comunidade local e já recebemos proposta de ampliarmos a nossa abrangência para outros municípios. Estamos muito felizes com esse reconhecimento e isso nos dá ânimo para buscarmos melhorar ainda mais o serviço”, finaliza a Capitã.

Por Juarez Oliveira
COMPARTILHAR:

+1

Música do Dia