publicidade

publicidade

Suplente de vereador do PCdoB poderá deixar o partido

Marcos Ayres
Lamentando não ter tido apoio igualitário e esperado por parte de seu partido, PCdoB, o suplente de vereador da coligação PDT/PCdoB, Marcos Ayres, disse que poderá pedir, nos próximos dias, a desfiliação de sua agremiação partidária.

Ele é assessor parlamentar do vereador Fernando Gomes, também do PCdoB, candidato a vice-prefeito de João Unimagem e de quem Ayres teve certo apoio. “Nem o Fernando e nem o Joãozinho conseguiram transferir votos”, comentou, referindo-se ao Raimundo Unimagem, irmão de Joãozinho, que ficou na segunda suplência da coligação, abaixo do ex-vereador Gentil Linhares, presidente municipal do PDT, que não conseguiu vitória, sendo o 1° suplente da coligação, que elegeu vereador o policial civil Astrogildo Fernandes.

"Cada voto recebido foi muito importante, porém, mais importante ainda é que não nos endividamos", completou.

Blog do BSilva
Foto: Gilson Brito
COMPARTILHAR:

+1

Música do Dia