Grupo americano investe mais de R$163 milhões no Piauí


Com investimentos de mais de R$163 milhões nas cidades de Barras e Floriano, um grupo de investidores americanos está apostando nas terras férteis e alta produtividade do Piauí para plantar grãos, eucalipto e produzir pallets de eucalipto, destinado a geração de energia, substituindo o carvão.

Somente em pallets, que tem consumo anual no mundo em torno de 12 milhões de toneladas, a expectativa é que seja produzida mais de 200 mil toneladas/ano, destinado inicialmente para o mercado nacional. O mercado consumidor de pellets está concentrado na Europa e América do Norte, porém indústrias e agroindústrias brasileiras têm encontrado neste produto uma excelente fonte alternativa de energia renovável, sendo mais barata até mesmo que o gás natural. Neste projeto, já estão sendo investidos mais de R$39 milhões.

Para o plantio de eucalipto, serão 20 mil hectares de terras em Barras, Floriano e Nazaré do Piauí, com investimentos de R$124 milhões até 2020. Em Barras e Boa Hora, estão sendo realizados testes para a produção de grãos, nos mais de 11 mil hectares de terras pertencentes ao grupo. Estudos apontam que aquelas áreas possuem as mesmas características edafoclimáticas que a região de Chapadinha/MA, onde a produção de soja, milho e arroz já é uma realidade.

A expectativa do grupo é de mais investimentos no Piauí, como viveiros de mudas de eucalipto em Floriano, pedreiras e criação de ovino-caprinos em Barras, demonstrando uma sensibilidade em apoiar atividades em parceria com as comunidades dessas regiões.

Por Graciene Nazareno
COMPARTILHAR:

+1