Mutirão de Picos negociou mais de R$ 4,2 milhões em benefícios previdenciários

Justiça Federal em Picos
A Subseção Judiciária de Picos divulgou ontem (31) relatório final do mutirão de audiências previdenciárias realizado de 22 a 27 de outubro. No total, o mutirão atingiu 72,81% de acordos homologados e negociou R$ 4.259.838,53 em benefícios previdenciários.

“O mutirão alcançou um excelente percentual de acordos e o valor dos atrasados objeto dos acordos atingiu a significativa cifra de R$ 4.259.838,53, cujas respectivas RPVs já foram todas migradas. O efetivo recebimento pelos segurados ocorrerá antes do final desse ano. Além de solucionar uma grande quantidade de processos e atender com celeridade às necessidades dos jurisdicionados, o mutirão de audiências foi importante para consolidar a cultura do diálogo entre as pessoas e as instituições, fortalecendo a prestação jurisdicional e dando novas perspectivas aos cidadãos, que tiveram os direitos assegurados e podem resgatar sua cidadania econômica”, observou o juiz federal Nazareno César Moreira Rêis, diretor da Subseção Judiciária de Picos e coordenador do mutirão.

De acordo com o relatório, foram pautadas 1.350 audiências e homologados 983 acordos. Houve ainda um total de 271 processos sentenciados pelos juízes, no valor de R$ 496.403,30. O mutirão registrou apenas 2,3% de não comparecimento das partes às audiências.

Presente ao último dia do mutirão de audiências previdenciárias da Subseção Judiciária de Picos, a coordenadora dos Juizados Especiais Federais da 1ª Região, desembargadora federal Neuza Alves, destacou o comprometimento da equipe e a organização do evento: “O mutirão de Picos é fértil em experiências exitosas, que podem e devem ser replicadas em outras Seções e Subseções. Ver uma equipe tão afinada e comprometida e magistrados e procuradores imbuídos da vontade de prestar um bom serviço jurisdicional faz-nos acreditar ainda mais em uma Justiça célere e a serviço da população”.

Viviane Bandeira - Seção de Comunicação Social (SECOS)
Justiça Federal do Piauí
COMPARTILHAR:

+1