Dê um livro de História do Brasil neste Natal


Uma pesquisa recente feita pelo jornal Folha de São Paulo aponta que 82% dos brasileiros nunca ouviram falar do AI-5, ato institucional que completou 44 anos na semana passada. Mesmo o verdadeiro papel da presidenta Dilma na luta armada é totalmente desconhecido pela imensa maioria do nosso povo.

A sugestão então é que, ao invés de gravatas, lenços e outros adereços, os brasileiros se dêem livros de História do Brasil neste Natal. E um bom guia para se aprender tudo sobre o que aconteceu no país nas duas décadas de ditadura militar é Pedro e os Lobos – Os Anos de Chumbo na trajetória de um guerrilheiro urbano.

Você sabia, por exemplo, que em 1965 existiu um tresloucado movimento guerrilheiro chamado Guerrilha de Três Passos? Que o Zé Dirceu chegou a transar, sem saber, com uma agente policial enquanto era presidente da UNE? Que algumas das ações armadas foram verdadeiras cenas de comédia, cheias de desencontros e trapalhadas? Ou que um dos maiores mistérios deste período é o desaparecimento do líder da VPR Onofre Pinto?

A obra de João Roberto Laque permite todos estes esclarecimentos num instigante passeio pela história recente do Brasil. Ali estão, a renúncia de Jânio, a posse de Jango, o golpe de 1964 e a resistência armada, com destaque para a origem das organizações clandestinas e seus atentados a bomba, assaltos a banco e sequestros de diplomatas estrangeiros.

Nas 640 paginas de Pedro e os Lobos, o jornalista esmiúça ainda os bastidores do poder, a edição do AI-5, a tortura imposta pela repressão política, a censura, o movimento pela anistia, as greves do ABC, as Diretas Já e o processo de abertura que levou à redemocratização do Brasil

De quebra, ao longo do livro vai se desenrolar a vida louca de Pedro Lobo de Oliveira, um ex-sargento da Força Pública e segurança de Luiz Carlos Prestes que largou tudo para mergulhar de cabeça no caldeirão fumegante da guerrilha.

Companheiro do lendário capitão Carlos Lamarca, Pedro assalta bancos, invade hospitais militares, explode quartéis e fuzila, para comemorar o aniversário da morte de Che Guevara, um oficial norte-americano que havia se tornado herói de guerra no Vietnã.

A obra foi considerada um dos cinco melhores lançamentos na categoria livro-reportagem pelo júri do Prêmio Jabuti 2011 e está gerando um documentário que está em fase final de filmagem.

Para saber mais sobre Pedro e os Lobos ou adquirir um exemplar clique http://guerrilhanobrasil.blogspot.com.br/. Se quiser falar com o autor, o e-mail e laque@ibest.com.br.

Ascom
COMPARTILHAR:

+1