Projeto Amanhã qualifica mais de 1,2 mil jovens rurais em 2012


O casal Josadarc Silva Lima, 26 anos, e Jeane Joaquim Santos, 20 anos, do povoado Belém, situado na zona rural de Porto Real do Colégio, aguardam ansiosamente pelas primeiras encomendas de doces finos e salgados para as festas de final de ano. Os dois concluíram o curso de culinária oferecido pelo Projeto Amanhã da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) e, após a capacitação, esperam realizar o sonho de montar o negócio próprio.

Somente em 2012, o Projeto Amanhã qualificou 1.219 jovens rurais de 14 a 26 anos em cursos que vão de manutenção de máquinas agrícolas a corte e costura, passando por manejo apícola, inclusão digital e elétrica industrial, entre outros. “Em 2013, queremos dar continuidade aos cursos e acompanhar as ações de capacitação em andamento”, avisa Maria Edith Vasconcelos, coordenadora do Projeto Amanhã na Codevasf.

Em Alagoas, o Projeto Amanhã qualificou esse ano aproximadamente 200 jovens rurais, os quais estão empreendendo negócios próprios ou ocupando postos de trabalho no meio rural de municípios do Vale do São Francisco.

De acordo com Josadarc, a ideia de participar de cursos oferecidos pelo Projeto Amanhã surgiu quando sua esposa Jeane concluiu a capacitação em Informática realizada na Unidade de Capacitação do projeto no Distrito de Irrigação de Itiúba, em Porto Real do Colégio.

“Já tinha conhecimento dos cursos, mas não consegui me inscrever antes. Quando a minha esposa fez o curso de Informática, isso me motivou a procurar o Carlinhos do Projeto Amanhã. Nós decidimos fazer o mesmo curso de culinária para que pudéssemos ter mais uma opção de renda. Agora coloco em prática o que aprendi para montar nosso negócio”, afirmou.

O casal inclusive já expôs os doces e salgados que preparam na VII Exposição Agropecuária e Cultural do Baixo São Francisco, promovida pela Codevasf em Penedo (AL) nos dias 23 e 24 de novembro deste ano. “A procura foi grande e vendemos bem. Já providenciamos cartão de visita para divulgação de nossos serviços”, comentou Josadarc.

Ele afirmou ainda que pretende fazer outros cursos no Projeto Amanhã. “Assim que tiver turmas dos cursos de piscicultura e apicultura vou participar. Meu pai e meu sogro têm um pedacinho de terra que dá para criar peixes e complementar nossa renda. Já temos até uns viveiros prontos. Falta somente a capacitação”, explica Josadarc.

O contato com o mundo da Informática também já é uma realidade para a jovem Lívia Maria Severo, 19 anos, moradora do povoado Carnaíbas, na zona rural de Porto Real do Colégio. Ela iniciou na segunda-feira, 10 de dezembro, o curso de informática oferecido pelo Projeto Amanhã na Unidade de Capacitação de Itiúba, em Alagoas.

Mesmo com pouca idade, a jovem rural já sabe que dominar as ferramentas da informática é fundamental para a conquista de uma vaga no mercado de trabalho ou mesmo para empreender um negócio, seja no meio rural ou urbano. “Eu sei muito pouco sobre informática. O que sei mesmo é que sem um curso como esse ninguém arruma emprego. Se quero entrar no mercado de trabalho, tenho que saber usar um computador. Somente hoje, no primeiro dia, já aprendi bastante coisa”, comemora.

De acordo com Carlos Alberto Santos, coordenador da Unidade de Capacitação do Projeto Amanhã de Itiúba, o Projeto Amanhã pretende ofertar mais cursos que promovam a inserção dos jovens no mundo do trabalho, a exemplo dos cursos de Noções Básicas de Informática, Avicultura Básica: galinha caipira, Piscicultura: cultivo em tanque rede, Piscicultura: cultivo em tanque escavado, Operação e Manutenção de Trator Agrícola, Ovinocultura: manejo nutricional, reprodutivo e sanitário, Ovinocultura: abate e cortes comerciais e processamentos.

Projeto Amanhã

No dia 14 de maio de 1993, nascia o Projeto Amanhã, uma iniciativa que hoje está organizando e capacitando jovens rurais. O objetivo da iniciativa da Codevasf é a inserção dos jovens no mercado de trabalho, complementando as atividades educativas com participação em cursos, palestras, dias de campo, práticas de empreendedorismo e associativismo para oportunizar o primeiro emprego. A estratégia do projeto é inserir técnicas agropecuárias modernas no cotidiano dos produtores tradicionais por meio das novas gerações de filhos dos agricultores.

Desde que foi instituído, o Projeto Amanhã já capacitou mais de 25 mil jovens, na faixa etária de 14 a 26 anos, principalmente filhos de pequenos produtores rurais, em cerca de 50 municípios de Alagoas, Bahia, Maranhão, Minas Gerais, Pernambuco, Piauí e Sergipe. A Lei Orçamentária Anual (LOA) tem destinado R$ 1 milhão anualmente para o Projeto Amanhã, além da recursos de outros programas e parcerias com organizações como Senai e Senar também têm contribuído para o projeto.

Entre as capacitações oferecidas pelo Projeto Amanhã estão os cursos de ovinocultura, de apicultura, de carcinicultura, de fruticultura, de horticultura, de Noções Básicas de Informática, de Manejo na Piscicultura, de Operação e Manutenção de Trator Agrícola, de floricultura, de Bovinocultura e de Cortes Especiais de Ovinos.

Assessoria de Comunicação e Promoção Institucional da Codevasf
COMPARTILHAR:

+1