publicidade

publicidade

Acusações Graves! Radialista apresenta entrevista explosiva com o vereador Zé Filho da Dôra


Uma "explosiva" entrevista do vereador Zé Filho da Dora (PMN) concedida ao radialista Leão, da cidade de Esperantina, promete agitar ainda mais a polêmica referente a eleição da Mesa Diretora da Câmara de Batalha.

Na entrevista, Zé Filho diz que os Vereadores do PT e o presidente sigla são oportunistas por dinheiro e cita valores que supostamente os Petistas teriam recebido em troca de apoio nas eleições para a Prefeitura e Mesa Diretora da Câmara. Segundo ele, meio milhão de reais e mais a manutenção de alguns cargos na administração pública.

Zé Filho afirma, também, que o presidente do PT é o bandido mais frio que ele já viu na véspera de eleição.

Ele diz ainda que os dois vereadores do Partido dos Trabalhadores (Elexandro Fontes e Patrícia Vasconcelos) são forasteiros e que não mereciam os votos dos batalhenses.


A entrevista foi reproduzida na manhã desta quinta-feira, 24, no programa do Leão, na Rádio Morro da Chapadinha FM, que tem grande audiência em Esperantina e Região.

O Ministério Público Eleitoral da Comarca de Batalha precisa apurar essas denúncias feitas pelo vereador do PMN, pois são extremamente graves.

O OUTRO LADO

A vereadora Patrícia Vasconcelos, PT, encaminhou e-mail a redação rebatendo as denúncias feitas por Zé Filho da Dôra. Ela disse que vai solicitar da justiça as medidas cabíveis referente às calunias e difamações. Pois DESAFIA a qualquer pessoa apresentar uma prova se quer que os vereadores do PT votaram para CLAYSON AMARAL por dinheiro.

“As pessoas dizem o que lhes convém, e no momento estas atitudes demonstram uma frustração clara e evidente de querer e achar que o PARTIDO DOS TRABALHADORES DE BATALHA não tenha o direito de tomar suas próprias decisões, somos independentes e temos as nossas próprias posições politacas !!!!! Que é obvio que nunca vai agradar a todos”, explica Patrícia.

A vereadora conclui dizendo o seguinte: “Qual o crime de não termos nascido em Batalha.... Quem pode a não ser o próprio povo decidir quem merece ou não ser vereador (a) em Batalha. É uma opinião de quem ainda não se conformou com a situação”.

Folha de Batalha  
COMPARTILHAR:

+1

Música do Dia