Campanha contra violência sexual


A Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania está iniciando a Campanha de enfrentamento contra a exploração sexual e trabalho infantil de crianças e adolescentes no período que antecede o carnaval. O objetivo da campanha “Explorar sexualmente a criança e o adolescente é crime! Nesse carnaval abuse da alegria e entre no bloco da cidadania!”, é sensibilizar a sociedade para o problema e identificar causas/fatores dessas vulnerabilidades de forma a prevenir efetivamente.

Além das palestras com os familiares das crianças do PETI e adolescentes do Projovem, também serão realizadas a partir do dia 07 de fevereiro, blitz com parceiros da rede de proteção à criança e adolescente e abordagem de veículos com folders e adesivos em locais de grande concentração de turistas*.

A violência sexual praticada contra crianças e adolescentes é uma violação de direitos humanos e um crime. Ocorre na forma de exploração sexual comercial que se manifesta por meio da prostituição, da exploração sexual no turismo, da pornografia (inclusive a pornografia e pedofilia na internet), o tráfico de pessoas para fins sexuais e na forma do abuso sexual que na maioria das vezes acontece no próprio lar por pessoas muito próximas das vítimas. Todas essas formas de violência contra crianças e adolescentes negam o seu direito de desenvolver sua sexualidade de forma saudável e protegida. As crianças e adolescentes que sofrem essas violências adquirem danos irreparáveis comprometendo seu desenvolvimento físico, moral e psicológico.

O trabalho infantil no Piauí e em Parnaíba ainda é um grande problema social. Milhares de crianças ainda deixam de ir a escola e ter seus direitos preservados trabalhando desde a mais tenra idade na lavoura, campo, fábrica ou em casas de família, muitas delas sem ter um momento para ser criança. Em Parnaíba, existe uma forte aliança e uma rede de assistência para lutar pelo fim da violência sexual e o trabalho infantil, garantindo os direitos das crianças e adolescentes. Entre nessa luta conosco, pela quebra do muro do silêncio que cerca essa situação e pelo enfrentamento a tão grave violação dos direitos humanos.

DENUCIE! DISQUE 100
CONSELHO TUTELAR: 3322-2299
CREAS: 3322 – 4962

*07/02: blitz noturna
08/02: blitz nos hotéis, restaurantes e pousadas da cidade
09/02: blitz na rodoviária
10/02: na estrada da Pedra do Sal com concentração na barraca de praia
COMPARTILHAR:

+1