publicidade

publicidade

Ex-prefeito deixou rombo e conta de prefeitura caiu apenas 30 centavos

Ex-prefeito Macedo Bandeira (PT)
O prefeito do município de Jatobá do Piauí (134 km ao norte de Teresina) Dalberto Rocha (PSD) está tendo muito trabalho junto a sua assessoria jurídica. Na quinta-feira, ao consultar o repasse do primeiro decêndio de janeiro, o prefeito e seus secretários encontraram as contas limpas. Segundo Dalberto Rocha, o FPM, que entrou R$ 201.413, 71 (duzentos e um mil, quatrocentos e treze reais e setenta e um centavos), ficou apenas com apenas 0,30 (trinta centavos).

No destino do dinheiro constam a retenção de INSS – EMPRESA de R$ 84.746,66, que o ex-prefeito Macedo Bandeira (PT) não pagou; INSS-JRS/MULTAS de R$ 6.720,41, mais um parcelamento feito pelo ex-prefeito no valor de R$ 28.102,18. Contam ainda, e mais grave, desconto de empréstimos consignados de funcionários, inclusive funcionários contratados, o que leva a crer que o ex-prefeito descontou na última folha de pagamento os consignados, mas não repassou ao banco.

Atual prefeito Dalberto Rocha (PT)
O prefeito Dalberto Rocha corre agora para tirar da folha os nomes destes funcionários e bloquear, judicialmente, outros débitos que o ex-prefeito tenha deixado de pagar.

A folha de pagamento de professores do ensino fundamental, referente ao mês de dezembro de 2012, de cerca de 95 mil reais, também ficou sem ser paga. No mês de dezembro o FUNDEB de Jatobá foi de R$ 261.214, 34, conforme dados do SISBB - Sistema de Informações Banco do Brasil.

Ascom
COMPARTILHAR:

+1

Música do Dia