Igreja de Nossa Senhora da Graça é destaque em revista de turismo da UERN

Igreja de Nossa Senhora da Graça | Foto: Gilson Brito - Acesso343
Um dos pontos de visitação do turismo religioso de Parnaíba foi destaque, em setembro do ano passado, na revista Turismo: Estudos e Práticas, da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. O texto intitulado A Igreja de Nossa Senhora da Graça como produto turístico (Parnaíba-PI) é resultado da pesquisa e estudo da acadêmica Safira Castro Moreira, que contou com a orientação do professor mestre André Riani Costa Perinotto; o artigo poderá ser consultado diretamente no site de periódicos da Capes, através do seguinte endereço:
http://periodicos.uern.br/index.php/turismo/article/viewFile/340/230.

Fique sabendo:

Com mais de 240 anos, a Igreja de Nossa Senhora da Graça, é uma das mais raras edificações barrocas do Piauí. Sua Nave possui aproximadamente 21 metros de comprimento por 9,5 metros de largura. O forro, modificado por inúmeras pinturas no decorrer dos dois séculos, originalmente constituído de ardozia, agora é de madeira, e o piso, de pedra polida. Estão espalhados em suas paredes e solo inúmeras campas mortuárias de figuras ilustres do passado parnaibano. Foi nela que o grande Cabo de Guerra lusitano João José da Cunha Fidié, Comandante das Armas Portuguesas, com a sede em Oeiras, primeira capital do estado, fez celebrar um Te-Deum em ação de graça pensando que havia destruído o sentimento de liberdade, o ideal de independência, da memorável epopeia de 19 de outubro de 1822.

Superintendência de Turismo e Esporte de Parnaíba
COMPARTILHAR:

+1