publicidade

publicidade

Pescadores desmancham quatro barragens ilegais no Rio Longá


De acordo com informações de populares, anualmente mais de 10 milhões de peixes perdem a vida nestas barragens construídas por pescadores criminosos!

As barragens desmanchadas neste sábado, 26, pela ação dos pescadores de Esperantina-PI, foram as da localidade Moleque, em três trechos, e na localidade Manga, entre os municípios de Batalha e S. José do Divino. Ao todo destruíram 600 metros de extensão de muralhas, com média de 1,30 metro de altura.


A ação foi realizada por cerca de 60 pescadores, sócios da Colônia Z37, acompanhados da Força Tática da Policia Militar, sob o comando do Capitão Albuquerque. A prefeitura de Esperantina, através da Secretaria de Meio Ambiente, disponibilizou o transporte do grupo de pescadores.

Os agentes militares foram no carro da Força Tática e percorreram diversas localidades procurando pescadores denunciados por pesca ilegal e também fizeram o trabalho de conscientização. À frente estiveram os agentes Cezar e Batista.


Dr. Sérgio Reis Coelho, promotor de justiça, autorizou toda a operação e disse o seguinte: “Pescador que pescar ilegal, não será tratado como pescador, será tratado como bandido. E será levado a delegacia e responder aos procedimentos legais”.


Folha de Batalha
Com informações de Paulo Brasil  
COMPARTILHAR:

+1

Música do Dia