publicidade

publicidade

Paulo Moroni desabafa após o jogo do Parnahyba contra o 4 de Julho

Técnico do Parnahyba -  Paulo Moroni 
Ao término da partida entre Parnahyba Sport Club e o 4 de Julho Esporte Clube de Piripiri, na tarde desse domingo (17/02) no Estádio Municipal Mão Santa em Parnaíba, o treinador do azulino Paulo Ricardo Moroni desabafou para a imprensa ali presente, e descreveu a lamentável situação do atual campeão piauiense de futebol.

Emissoras de TV e de rádio, portais, blogs e sites presenciaram o desabafo do técnico do Parnahyba. Moroni desde o começo desse ano de 2013, sempre ressaltou a disposição dos atletas do plantel do tubarão, tendo em vista que os mesmos estão há 2 meses sem receber salário. Afirmação esta que foi feita novamente pelo comandante azulino na tarde de ontem (17/02). Na oportunidade o treinador presenciou o seu time virar a partida diante do colorado piripiriense para 3 a 1, dessa forma a sua tese para com os jogadores se reafirmou mais uma vez, pois para ele nenhum time com 2 meses de salários atrasados consegue ter ânimo para desempenhar um jogo como aquele.

Paulo Moroni falou que é muito difícil trabalhar nessa situação, pois ele sente pelos atletas que automaticamente são cobrados pela família, dificultando cada vez mais a situação. A afirmação que os seus jogadores são verdadeiros guerreiros, só aumenta a cada dia que passa, afinal não é nada fácil desempenhar um trabalho árduo diariamente no CT Petrônio Portela, e entrar em campo como se nada estivesse acontecendo. Falou ainda da situação do clube que está há 7 meses sem receber o repasse da subvenção social.

Esse convênio com a prefeitura que é no valor anual de R$ 450 mil (quatrocentos e cinquenta mil) é dividido em seis parcelas no ano, e cada parcela tem o valor de R$ 75 mil (setenta e cinco mil reais). O Parnahyba espera receber o repasse da prefeitura municipal de Parnaíba que está atrasado desde o ano passado. Isso fora as parcelas do ano de 2013, que pelo menos uma já deveria ter sido repassada. Mas será que a prefeitura tem mesmo a obrigação de patrocinar um clube profissional?


Agora, o técnico Paulo Moroni usou a palavra na tarde de ontem (17) como porta voz de todo um grupo que almeja receber o que é seu de direito. Mas o que se sabe é se nada for resolvido até hoje (18), amanhã (19) as atividades no Centro de Treinamento Petrônio Portela serão paralisadas.

O que mais a imprensa esportiva parnaibana comenta nos bastidores é que a prefeitura municipal de Parnaíba ainda não liberou o repasse destinado ao Parnahyba Sport Club por conta de documentos que estariam feitos de forma incorreta.

Agora a única certeza é que se os dirigentes do Parnahyba Sport Club não começarem a agir imediatamente para reverter essa situação, só será mais um ano triste e melancólico para o time azulino do litoral piauiense, tendo em vista que além de ser o ano do centenário do mesmo o Parnahyba é um dos representantes do Piauí na Copa do Brasil 2013.

O Parnahyba ocupa atualmente a vice liderança do Campeonato Piauiense de Futebol 2013, e com 7 pontos marcados na tabela, o time do litoral piauiense vai a campo no próximo sábado (23/02) às 16 horas no Estádio Municipal Mão Santa em Parnaíba.

Diante do problema exposto fica aqui um questionamento, será mesmo que o Parnahyba vai a campo no próximo final de semana?

Por Gilson Brito
Fotos: Gilson Brito
COMPARTILHAR:

+1

Música do Dia