publicidade

publicidade

Apicultura no Piauí será alavancada com novos investimentos da Codevasf‏


Cerca de 2 mil famílias do semiárido piauiense ganharão impulso novo para alavancar a apicultura. Elas já começaram a receber a visita das equipes técnicas da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba (Codevasf), apoiadas pela Fundação de Planejamento Estratégico (Furplan), que estão fazendo, desde a última semana, trabalhos de diagnóstico, cadastro, seleção, mobilização e qualificação dos apicultores familiares que receberão os equipamentos e insumos apícolas adquiridos pela Codevasf – uma ação que integra o eixo de inclusão produtiva do Plano Brasil sem Miséria e para a qual já estão assegurados R$ 1,8 milhão, somente para o Piauí, até o final de 2013.

“A presença da equipe da Codevasf nas comunidades permitirá identificar que tipo de benefício os produtores precisam receber, tendo em vista o objetivo da ação, que é de potencializar a renda dos apicultores, melhorar a qualidade do produto e aumentar sua competitividade no mercado”, explica o gerente regional de revitalização da Codevasf no Piauí, José Ocelo Rocha Júnior.

O trabalho de campo está sendo desenvolvido por meio de convênio assinado na última semana entre Codevasf e Furplan, no valor de aproximadamente R$ 380 mil, e visa potencializar o desempenho dos apicultores ao identificar quais são os itens realmente necessários à execução da atividade de cada grupo – se indumentárias apícolas, colmeias, centrífugas, mesas desorpeculadoras ou tanques decantadores, entre outros. São parceiros desse levantamento o governo do Estado do Piauí – por meio da Secretaria de Desenvolvimento Rural –, a Federação de Apicultura, o Sebrae, as prefeituras, além das cooperativas e associações dos apicultores.

A ação de diagnóstico, cadastro, seleção, mobilização e qualificação dos apicultores piauienses integra o Programa de Desenvolvimento Regional, Territorial Sustentável e Economia Solidária do Plano Brasil sem Miséria, executado em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Regional (SDR) do Ministério da Integração Nacional (MI). O objetivo é estruturar esta atividade da qual a Codevasf é indutora. “As equipes irão selecionar o público-alvo dos investimentos destinados à organização e ao fornecimento de infraestrutura à apicultura, além de identificar os principais gargalos da produção, para que os produtores possam, de fato, impulsionar suas atividades”, observa Ocelo Rocha.

Assessoria de Comunicação e Promoção Institucional
Foto: Divulgação / Codevasf 
COMPARTILHAR:

+1

Música do Dia