publicidade

publicidade

Motorista de carreta é preso pela PRF ao oferecer R$ 100 para não ser multado‏


Policiais Rodoviários Federais do posto da PRF da BR 316, Km 11, em Teresina, prenderam na manhã desta quarta-feira (6) o motorista de uma carreta que transporta combustível quando ofereceu R$ 100,00 para não ser multado.

A carreta foi parada para fiscalização, ocasião em que o motorista apresentou a documentação ao agente da PRF. Analisando estes documentos a fiscalização pode constatar que a carteira de habilitação do condutor era na categoria “D”, que não permite conduzir combinação de veículo do tipo que dirigia. Para esses casos somente CNH na categoria “E”.

Depois de constatada a infração o condutor foi informado que seriam aplicadas as penalidades previstas no Código de Trânsito Brasileiro, importando em multa e retenção do veículo até apresentação de condutor devidamente habilitado.

Tensionando evitar que as penas lhe fossem aplicadas, o motorista pegou R$ 100,00 e entregou ao policial responsável pela abordagem, ocasião em que foi informado da sua prisão em flagrante delito, face à acusação de prática de corrupção ativa. Depois de preso foi encaminhado à sede da Polícia Federal em Teresina para as medidas legais.

Este tipo de infração prevê duas penalidades. Uma está relacionada diretamente ao motorista por condução de veículo automotor com CNH de categoria diferente. Outra vai para o proprietário que permitiu que pessoa não devidamente habilitado tomasse posse de seu veículo e passasse a dirigir nas vias públicas. Cada uma equivale a R$ 574,00.

Comunicação Social PRF/PI
COMPARTILHAR:

+1

Música do Dia