Polícia Militar intensificará segurança nos estádios piauienses


O rigor nas vistorias durante os jogos do Campeonato Piauiense de Futebol 2013 foi motivado após a morte do garoto boliviano Kevin Espada, de 14 anos, atingido por um sinalizador disparado do setor ocupado pela torcida do Corinthians no jogo contra o San José pela segunda rodada da Taça Libertadores da América.

E na manhã dessa terça-feira (05/03) foi realizada uma reunião no Quartel do Comando Geral da Policia Militar do Piauí, com a presença de membros de torcidas organizadas da capital Teresina, diretores e funcionários da FFP (Federação de Futebol do Piauí) e o Comando da PM, na oportunidade foi tratado sobre procedimentos referente a segurança nos estádios.

A PM em parceria com a FFP resolveu colocar em prática uma das medidas que fazem parte de um conjunto de ações de segurança, que segundo o Estatuto do Torcedor previne a violência, brigas e incidentes possam vim a acontecer para aquele cidadão que comparece aos estádios.  

Torcida do Parnahyba | Foto: Gilson Brito - Acesso343
Dentre as medidas pela qual a Polícia Militar irão implantar a partir dessa 7ª rodada do Piauiense de Futebol, podemos destacar: o aumento das revistas e fiscalizações dos torcedores na entrada das praças esportivas, para evitar o uso de sinalizadores, objetos pirotécnicos ou armas; organização durante a saída da torcida; o envio do patrulhamento militar com duas horas de antecedência antes do início do jogo; e o controle para a venda de bebidas alcoólicas. Quaisquer infrações, de acordo com a PM, serão passíveis de punições ao clube mandante da referente partida, ou poderão ser efetuadas prisões.

Os membros das torcidas organizadas ali presentes também deram sugestões para a melhoria da segurança para o público nos estádio. Mas também foram informados as prevenções que serão feitas com os mesmos quando duas torcidas de diferentes clubes comparecerem nas arquibancadas. Pois quando o um time vencer, os torcedores do clube perdedor deveram sair primeiramente do local com o acompanhamento devido dos policias ali presentes.

Por Kairo Amaral
COMPARTILHAR:

+1