Problemas financeiros no Parnahyba parecem que serão resolvidos


O Parnahyba Sport Club vem enfrentando desde setembro do ano passado uma grave crise financeira. Além de ter atrasado o pagamento dos jogadores que foram campeão em 2012, a diretoria também atrasou os salários daqueles atletas que integraram ao elenco azulino neste ano.

Dentre várias “artimanhas” que os dirigentes azulinos tentaram utilizar para sair dessa situação, podemos destacar: o pedido por meio da FFP (Federação de Futebol do Piauí) para conseguir junto a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) a liberação de 50% da cota de TV destinada a todos os clubes que disputaram a Copa do Brasil de 2013.

O presidente do clube José Lima, em entrevista nesta segunda-feira (04/03) concedida a um programa de rádio parnaibano, falou que o repasse de 50% da cota da Copa do Brasil no valor de R$ 70.000,00 (setenta mil reais) já foi liberado pela CBF e já está em domínio do Parnahyba. O mesmo ainda informou que toda a folha salarial do mês de janeiro já foi sanada através dessa liberação. Dessa forma o cartola azulino ainda afirmou que o mês de fevereiro será pago através do primeiro repasse do convênio de 2013 do clube com a Prefeitura Municipal da cidade de Parnaíba, que segundo o mesmo deverá ser liberado até fim deste mês.

Já o mês corrente, o presidente do clube do litoral piauiense espera sanar com a renda do primeiro jogo da Copa do Brasil que será realizado no dia 11 de abril contra o ABC-RN. O mesmo espera contar com a presença maciça da torcida azulina do Parnahyba, para poder contar com a renda e pagar os salários dos jogadores referente ao mês de março.

Exposto isso, fazemos os questionamentos: E se o primeiro jogo da Copa do Brasil não for em Parnaíba? E se o público esperado no jogo não comparecer em grande número como espera o presidente? Respostas estas que só com o decorrer dos fatos poderemos responder.

Por Kairo Amaral
COMPARTILHAR:

+1