Vereadores da cidade de Parnaíba irão trabalhar apenas 94 dias em 2013


Os 17 vereadores da cidade de Parnaíba: Gerivaldo - PR; Geraldinho - PSB; Fátima Carmino - PT; Beto Teles - PTB; Ricardo Veras - PTC; Reinaldo Castro - PP; Astrogildo Fernandes - PCdoB; Carlson Pessoa - PSB; Bernardo Rocha - PSC; Marcos Meneses “Foguinho” - PSL; Cardoso - PT; Renatinho - PRTB; André Neves - PMDB; Gustavo Lima - PTB; Francisca Neta - PPS; Ronaldo Prado - PTdoB e Diniz - PRTB, irão trabalhar apenas 94 dias dos 365 que o ano de 2013 tem.

Pois bem, esse é número de sessões ordinárias que poderão acontecer em Parnaíba: 11 no mês de março; 11 no mês de abril; 10 no mês de maio; 10 no mês de junho; 11 no mês de agosto, 10 no mês de setembro; 11 no mês de outubro; 10 no mês de novembro e 10 no mês de dezembro.  


Enquanto o trabalhador brasileiro têm direito apenas a um mês de férias os vereadores de Parnaíba passam três meses sem trabalhar: janeiro, fevereiro e julho, ou seja, apenas recebem os salários, mas não realizam sessões.

Os vereadores parnaibanos nos meses de março a junho e de agosto a dezembro só realizam sessões nos 15 primeiros dias de cada mês acima citado, exceto sábado e domingo. Apesar de o número de sessões ordinárias que poderão ser realizadas ser pequeno, algumas vezes as sessões não ocorrem por falta de quórum (falta de vereadores).


Em legislaturas passadas um vereador chegou ao ponto de faltar 21 sessões consecutivas, aparecendo apenas na 22ª com um atestado médico que relatava que o problema de saúde do “nobre edil” era stress.

Realmente dá para entender o problema de saúde do vereador, já que é extremamente estressante o trabalho no Legislativo de Parnaíba, isso dá para entender perfeitamente na quantidade de dias trabalhados.

Por Gilson Brito
Fotos: Gilson Brito
COMPARTILHAR:

+1