COREN-PI implementa força-tarefa para emitir documentos dos profissionais de enfermagem


Com a divulgação nesta terça-feira, dia 2 de abril, da relação dos candidatos aprovados na primeira fase do concurso público do Hospital Universitário do Piauí (HU), os profissionais de enfermagem iniciaram na quarta, dia 03, as solicitações de documentos junto ao Conselho Regional de Enfermagem do Piauí (COREN-PI). Os candidatos têm até o dia 5 de abril para apresentarem os documentos comprobatórios para avaliação curricular de títulos e experiência profissional. Diante da procura de centenas de profissionais ao mesmo tempo, a Autarquia mobilizou uma força-tarefa dentro do Conselho, disponibilizando o atendimento em tempo integral, até às 17h30min.

Segundo a coordenadora do Setor de Cadastro do COREN-PI, Rosana de Matos, os funcionários do Conselho estão mobilizados e se reversando para melhor atender os profissionais que foram aprovados e, deste modo, realizar a entrega da documentação dentro do prazo estipulado pelo HU. “Com cinco funcionários e com dois estagiários no suporte, estamos atendendo aos profissionais que estão dando entrada em requerimentos como a Declaração do Registro Profissional ou solicitando obter o registro do Conselho. Além disso, os funcionários do COREN-PI estão atualizando o cadastro daqueles que não possuem a nova carteira profissional”, explica Rosana de Matos.

A técnica de enfermagem, Jaciara de Araújo Borges, esteve na sede do COREN-PI para solicitar a declaração de que é registrada há três anos no Conselho. “A apresentação desta declaração garante que sou competente ao cargo de técnica de enfermagem. Além disso, de acordo com o edital, a cada ano de registro que tenho aqui no COREN-PI e de exercício de profissão valerá nota na prova de título. Com isso, posso me destacar em relação aos profissionais que estão realizando agora a solicitação do registro”, destaca Jaciara de Araújo.

O COREN-PI realizará a entrega dos documentos solicitados até 24h após o profissional ter dado entrada no requerimento. “Na perspectiva de facilitar esta segunda etapa do concurso, muitos profissionais deram entrada nestes documentos uma semana antes de sair o resultado. O documento vale até 60 dias, por isso alguns preferiram garantir este item antes da divulgação do resultado, já que pensaram na possibilidade de o prazo para apresentação ser curto”, pontua a responsável pelo setor de cadastro.

Os profissionais admitidos no concurso serão contratados pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH), com lotação no HU, sob o regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). A EBSERH é uma empresa pública vinculada ao Ministério da Educação responsável pela gestão dos hospitais universitários federais.

Por Letícia Rodrigues
COMPARTILHAR:

+1