Crianças assistem aula em sala improvisada em situação precária na zona rural de Esperantina


A turma de crianças assistem aulas dentro de um posto de saúde ainda em processo de reforma, no entanto inacabada. Acompanhe na reportagem

Pelo menos 10 crianças estão assistindo aula dentro de uma sala improvisada na estrutura de um posto de saúde que estava sendo reformado e encontra-se atualmente paralisado na localidade Lagoa dos Macacos, a cerca de 10 km da sede do município, na zona rural. Os alunos são da Escola Francisco Simplício do Vale. A obra de reforma do referido posto de saúde foi deixada pela gestão do ex-prefeito Chico Antônio.


Segundo relatos de pais de alunos, a sala improvisada apresenta perigo para as crianças, pelo fato de o forro daquela estrutura ameaçar cair e machucar os alunos. Há pouco mais de duas semanas que está tendo aula neste local.

De acordo com um professor que preferiu não se identificar, a medida foi tomada por que na sala de origem dos alunos, o teto ameaça cair e os alunos foram removidos para a sala improvisada do posto de saúde que também está em situação precária. Para o professor, o forro pode cair a qualquer momento, além da fedentina que os alunos estão aspirando, podendo comprometer a saúde do alunado.  


Em relação ao posto de saúde, há vários meses que a referida comunidade não tem atendimento médico e a população se submete ir até a cidade. A obra de reforma e ampliação continua parada e sem previsão de reinicio.

A reportagem da RevistaAz entrou em contato com a secretaria de educação do município para os devidos esclarecimentos e em resposta, via telefone, a assessoria afirmou que a sala da escola será reformada no máximo até a outra semana. Já em relação ao posto de saúde, não conseguimos falar com a secretária de saúde do município.  




RevistaAz

COMPARTILHAR:

+1