Homem é atingido por raio na Zona Rural de Batalha e morre antes de chegar em Esperantina


O lavrador, José Paulo Pinheiro, conhecido popularmente, como Zé Doca, de 37 anos de idade, morreu na tarde de hoje (25), vitima de um raio, que caiu na localidade Vivenda, município de Batalha.

De acordo com a esposa da vítima, a senhora, Maria dos Desterros Barroso de Sousa de 38 anos, chovia bastante no local, e ela juntamente com o seu esposo se encontravam sentados no interior da residência, quando o mesmo foi atingido pelo raio.

Maria dos Desterros, falou para a reportagem que ao ser atingido pelo raio o seu marido caiu no chão e o mesmo conseguiu falar algumas palavras ainda.

Já o irmão da vitima, Bruno Rafael, chegou a declarar que no mesmo instante se encontrava na casa de seus pais e que o raio chegou a atingir também o seu sobrinho que é filho de Zé Doca, o jovem Fernando Sousa de apenas 15 anos de idade.

Bruno Rafael informou que o seu sobrinho Bruno Rafael, sentiu apenas aquele abalo forte, mas que não chegou a ter outros problemas sérios como o seu irmão, Zé Doca, que veio a óbito logo depois de ser atingido pelo raio.

Segundo Bruno Rafael, o raio atingiu também toda a rede de energia elétrica do povoado.

“A gente estava na casa do meu pai quando começou a chover forte e trovejando muito e de uma hora para outra faltou energia e em seguida só ouvimos aquele clarão e um barulho enorme e quando olhei vi que o meu sobrinho não estava bem”, disse Bruno Rafael.

A esposa da vitima, disse que o fato ocorreu por volta das 15:00 horas e que logo depois do ocorrido procurou por socorro e no caminho para a cidade de Esperantina, o seu esposo veio a falecer.

O corpo do lavrador se encontra no necrotério do Hospital Regional Julio Hartman, a disposição da família para que seja providenciado o velório e consequentemente o sepultamento, que segundo os familiares vai acontecer na localidade Vivenda, município de Batalha.

JornalEsp

COMPARTILHAR:

+1