Audiência pública para discutirá a situação da Polícia Civil do Piauí


Os agentes e escrivães da Polícia Civil do Piauí visitaram a Assembleia Legislativa do Piauí e foram recebidos pelos Deputados Temístocles, presidente da casa e Antônio Félix presidente da Comissão de Segurança Pública da ALEPI.

Mais de 150 policiais de Floriano, Campo Maior, Oeiras, Piripiri, Picos, Pedro II e Teresina estiveram presentes na ALEPI. O objetivo da visita, segundo Cristiano Ribeiro, presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Piauí (SINPOLPI), é pedir apoio dos parlamentares para intermediar a negociação com o governo.

Eles tiveram a oportunidade de expor a situação que vivem diariamente e afirma que a Polícia Civil do Piauí está falida de norte a sul do Estado. Os manifestantes buscam uma valorização salarial, mas acima de tudo uma estruturação da policia judiciária piauiense. “Socorram a Polícia Civil”, pediu Cristiano afirmando que atualmente o efetivo da policia civil é menor que há 10 anos.

AUDIÊNCIA PÚBLICA
O Deputado Antônio Félix (PSD), como presidente da Comissão de Segurança Pública recebeu do presidente do SINPOLPI um relatório da Polícia Civil e em virtude disso propôs uma audiência pública para tratar do assunto com a participação das autoridades competentes. O parlamentar foi aplaudido pelos policias pela ideia. A audiência pública é para discutir as dificuldades enfrentadas pela polícia civil. “Os braços da segurança está enfraquecido”, comentou o deputado. O objetivo da audiência, de acordo com ele, é buscar resultados positivos para a categoria e principalmente para a sociedade.

Por Weslley Paz

COMPARTILHAR:

+1