Clima tenso! Após as declarações do goleiro Aranha, dirigente retruca


O duelo da vez no Parnahyba foi entre o goleiro Aranha e o dirigente Miguel Bezerra. Aranha diz que a diretoria é amadora, e Miguel diz que o arqueiro não é profissional

Realmente o clima de discórdia entre jogadores e a diretoria do Parnahyba Sport Club não favorece para a harmonia de um time campeão. Primeiro foi a “troca de farpas” entre o técnico da equipe Paulo Moroni e o presidente do clube José Lima, desta vez o palco da disputa foi à rede social Facebook. Discussões estas que só atrapalham na preparação do grupo para a série D que se inicia para o Tubarão neste domingo (02/06).

Com os salários atrasados faz com que os jogadores fiquem com os nervos a flor da pele, favorecendo assim para um “celeiro de troca de carícias”. E quando os atletas do elenco azulino são entrevistados, todos relatam que precisam do dinheiro, principalmente, para sustentar a sua família. Inclusive, o zagueiro Eridon se emocionou ao falar sobre o assunto com os repórteres presentes na tarde de ontem (30/05) no Estádio Petrônio Portela – Centro de Treinamentos.


Em entrevista ao Acesso343 o goleiro Aranha quando indagado como ficaria sua situação no Parnahyba, ele foi rápido em dizer: “Vou embora, pois não suporto mais essa diretoria amadora. Só estou esperando que eles me paguem”. Com todas as declarações de Aranha - http://www.acesso343.com.br/2013/05/goleiro-do-parnahyba-tambem-solta-o.html - e com a postagem sobre o fato, o Secretário do Conselho Deliberativo Miguel Bezerra Neto comentou a postagem e disse:

“É...Os gols que ele tomou na decisão do campeonato foram de profissional né???”, questionou Miguel Bezerra.


Em reposta o então goleiro do Parnahyba Danilo Silva Paes – o Aranha – não mediu esforços para retrucar de tal forma que deixasse o dirigente e também um dos advogados do clube sem palavras.
“Você não entende nada de advocacia muito menos de goleiros. Quer melhor, faça! Estou pouco me importando com a opinião de um zero à esquerda. Vocês são tudo farinha do mesmo saco. O leite da minha filha ninguém dá. Enquanto só doe no meu bolso está bom pra vocês. Está achando ruim, pega o teu salário e paga minhas contas, que ganha pra puxar o saco dos outros”, respondeu o arqueiro Aranha.

E é com esse clima que o Parnahyba viaja hoje (31/05) para Pernambuco, pois no domingo (02/06) às 18h30min no Estádio Cornélio de Barros em Salgueiro, o time azulino estreará no Campeonato Brasileiro da série D contra o Salgueiro.


Por Kairo Amaral

COMPARTILHAR:

+1