Goleiro do Parnahyba também solta o verbo: “Não suporto mais essa diretoria amadora”


O arqueiro Aranha chegou para a vaga de titular na equipe do Parnahyba, e substituindo o Idalécio Rodrigues, se tornou campeão piauiense defendendo o azulino

Na semana passada o treinador do Parnahyba Paulo Ricardo Moroni soltou o verbo e disse: “Só não passei fome por contas das boas amizades”. Dessa vez o goleiro do Tubarão, Danilo Silva Paes – Aranha – resolveu desabafar e relatou sua opinião sobre a diretoria azulina. Segundo ele não suporta mais esses dirigentes amadores.

Contratado após a saída do então arqueiro do azulino Idalécio Rodrigues, Aranha chegou ao litoral piauiense para vestir a camisa número 1 (um), e ajudar ao clube a conquistar o título piauiense no ano do centenário. Mas segundo o jogador a diretoria do Parnahyba faltou com o respeito com os aletas do plantel parnaibano.

“Sou profissional e quero ser respeitado como tal. Não sou menino que se engana com conversa. Eles (dirigentes) querem renovar o contrato sem pagar os dois meses de salários atrasados”, disse o goleiro Aranha.

Segundo o técnico azulino Paulo Moroni, em entrevista a um site da capital Teresina, o arqueiro não estaria mais nos planos do Parnahyba para o Campeonato Brasileiro da série D.

“Vamos ter que improvisar no primeiro jogo. Aranha não deve mais fazer parte do elenco e Boré deve jogar no gol. De resto, alguns nomes que jogaram no Piauiense irão a campo no próximo domingo (2). É o ideal? Não, mas é o que temos”, afirmou Moroni.

De acordo com o goleiro, ele ainda não foi embora por que ainda existe um débito do clube para com ele. Mas perguntado sobre as propostas de outros times, Aranha deixou claro que quer mesmo é deixar o Tubarão.

“Já tenho algumas propostas que meu empresário esta vendo qual é melhor pra mim”, confirmou o atleta.

E quando a reportagem do Acesso 343 desejou ao jogador boa sorte em sua nova empreitada, ele finalizou desejando o mesmo a toda a imprensa esportiva de Parnaíba: Que vocês também tenham sorte, pois com essa diretoria irão precisar.

Com ou sem o Aranha, o Parnahyba viaja sexta-feira (31/05) para a cidade pernambucana de Salgueiro, a fim de estrear no domingo (02/06) às 18h30min no Estádio Cornélio de Barros, pela quarta divisão do Campeonato Brasileiro de Futebol aonde enfrentará o Salgueiro.  



Por Kairo Amaral

COMPARTILHAR:

+1