publicidade

publicidade

Ônibus do Tubarão tem vidros quebrados no Hotel em Teresina


Depois de acionar a polícia, registrar Boletim de Ocorrência, ônibus da delegação, com para-brisa estilhaçado, é levado para garagem de uma empresa da capital

Poucas horas da partida final do campeonato piauiense desta temporada iniciar, a delegação azulina passou por maus momentos na capital piauiense. No hotel, o ônibus da delegação sofreu apedrejamento, além de tentativa de intimidação com vários rojões atirados próximos ao hotel, na noite de sábado, 18.  


Batista Filho, gerente de futebol, dissera que não há dúvida de que foram torcedores tricolores, numa tentativa de atrapalhar a concentração do clube. A ação “aconteceu num período das 1h às 5h, havendo um intervalo de mais ou menos trinta minutos”, destacou Batista Catanduvas, gerente de futebol azulino.

João Neto, o motorista da empresa, estava na hora do apedrejamento: ‘um grupo de cinco pessoas, saíram de um gol branco, e jogaram pedras no para-brisa do ônibus e na lateral. As mesmas pessoas do grupo atiraram rojões em frente ao hotel. A polícia chegou e eles saíram. Quando a polícia saiu, eles voltaram, por várias vezes’, mencionou o motorista do ônibus da delegação.  


Para Damisson, apesar do ‘desgaste’, tudo isso “vai servir de incentivo a mais, quando a equipe estiver em campo”. Apesar do acontecido, a equipe está bem para o confronto.

O segundo jogo da final acontecerá na tarde deste domingo (19), no Lindolfo Monteiro, às 17h, em Teresina. Até as 12h30 desta manhã ensolarada, confirmada a saída de sete ônibus com a torcida azulina, para a capital, sem mencionar os carros particulares. Mas a expectativa é a de que mais de dez ônibus deixem o litoral no início da tarde.

Assessoria de Imprensa do PSC

COMPARTILHAR:

+1

Música do Dia