publicidade

publicidade

Queiroz Galvão vai investir R$ 3 bilhões em Parque de Energia Eólica no Piauí


O governador Wilson Martins e o secretário de Mineração, Petróleo e Energias Renováveis Edson Ferreira receberam nesta quinta-feira (16), executivos da Queiroz Galvão. Na pauta do encontro, os investimentos que a multinacional vai fazer na geração de energia elétrica a partir do parque de energia eólica situado na cidade de Caldeirão Grande, na chapada do Araripe.

De acordo com Max Xavier, diretor-presidente da Queiroz Galvão, estudos realizados pela empresa demonstraram que o Piauí possui as melhores condições técnicas para implantação do Parque. “Percebemos que o estado oferece condições técnicas favoráveis, capacidade de expansão dos negócios, tornando-se um bom um local com condições propicias para nossos investimentos”.

Para o secretário Edson Ferreira, a implantação do Parque de Energia Eólica na chapada do Araripe é um passo importante para a auto-suficiência do estado na produção de energia elétrica. “A implantação do parque vai contribuir para a melhoria socioeconômica da região, além de aumentar a arrecadação de tributos por parte do estado, tudo isso sem prejudicar o meio ambiente, tendo em vista que a energia eólica é limpa e ocupa apenas 1,5% da área, deixando a outra parte livre para outras atividades, concluiu o secretário.

A empresa já possui parques nos estados do Ceará e Rio Grande do Norte. Mas o maior será no Piauí. Durante o encontro, o governador Wilson Martins destacou o potencial do Piauí para a geração de energia limpa não só no interior do estado, mas também no litoral, e ressaltou o interesse do Governo do Estado em ser parceiro desse tipo de empreendimento.

Por João Magalhães

COMPARTILHAR:

+1

Música do Dia