TSE mantém condenação à Rádio Meio Norte de Campo Maior multada em R$ 150 mil


O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) resolveu manter a decisão do Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI) que multou a Rádio Meio Norte de Campo Maior em R$ 150 mil reais por ter cometido crimes eleitorais durante a campanha realizada em 2012. O veredito do ministro foi dado no final de abril deste ano.

Foram quatro condenações contra a emissora. Em uma delas, o radialista Arnaldo Ribeiro é acusado de mentir durante o seu programa. Segundo o Ministro Henrique Neves da Silva, o radialista teria divulgado informações inverídicas sobre o candidato a vice-prefeito João Félix (PPS).

O programa apresentado por Arnaldo Ribeiro gerou R$ 75 mil reais em três multas para emissora. Na primeira ele foi condenado a pagar R$ 20 mil reais, na segunda R$ 25 mil reais e na terceira R$ 30 mil reais. A rádio ainda levou outras duas multas, uma de R$ 40 mil e outras de R$ 35 mil reais por conta de outro programa que era apresentado durante a manhã.

Logo após as referidas condenações, a direção geral da emissora, situada em Teresina, decidiu tirar a rádio do ar e só retornou agora no mês de maio. Segundo informações extraoficiais repassadas ao Portal de Notícias Campo Maior em Foco, um político da região teria influenciado novamente no retorno da emissora para tentar limpar sua imagem que está desgastada perante a população. Para isso, além de pagar as multas, estaria mantendo com dinheiro público, o valor de quase R$ 10 mil reais pagos pela franquia e ainda o salário do mesmo radialista que motivou as condenações.

Por Weslley Paz  

COMPARTILHAR:

+1