Edital do concurso PRF foi publicado


Foi publicado nesta quarta-feira (12/06) no Diário Oficial da União o edital para o concurso de Policial Rodoviário Federal. O documento foi assinado pela Inspetora Maria Alice Nascimento Souza, Diretora Geral da PRF, na tarde de ontem (11/06). Para ingressar na carreira, o candidato precisa ter diploma em nível de graduação em qualquer área e possuir Carteira Nacional de Habilitação categoria “B”.

O concurso terá duas etapas. A primeira, com cinco fases, inicia com as provas objetivas e discursivas, que serão aplicadas no dia 11 de agosto em todas as capitais brasileiras. Os aprovados passarão, ainda, por teste físico, exames de saúde, avaliação psicológica e de títulos, esta última uma novidade em provas da PRF. Outra novidade desse certame é que das 1000 vagas oferecidas, 5% serão reservadas para pessoas com deficiência. Com a medida, a PRF atende decisão recente do STF.

A segunda etapa do concurso será o curso de Curso de Formação Profissional (CFP), com duração de aproximadamente 3 meses. No CFP, os alunos terão aulas de abordagem e tiro, direitos humanos, ética, defesa policial e fiscalização de trânsito, entre outras. Os novos policiais rodoviários federais serão lotados, preferencialmente, nas regiões de fronteira, após remanejamento dos policiais mais antigos. A instituição espera contar com esse reforço para a Copa do Mundo em julho do ano que
vem.

O concurso foi autorizado pelo Ministério do Planejamento e Gestão (MPOG) no dia 09 de abril e o Centro de Seleção e de Promoção de Eventos (CESPE) será o organizador do certame. O último concurso foi realizado em 2009 e foram preenchidas 1.500 vagas. A remuneração inicial é de R$ 6.479,81, sendo R$ 6.106, 81 de subsidio e R$ 373,00 de vale-refeição.

Atualmente, a Polícia Rodoviária Federal é responsável pelo policiamento de 70 mil quilômetros de rodovias e estradas federais em todo o Brasil.

Seus servidores estão espalhados por 600 unidades no território brasileiro, trabalhando ininterruptamente, em escalas de revezamento.

Diuturnamente, policiais rodoviários federais realizam atendimentos de acidentes, socorrem vítimas de acidentes, aplicam multas de trânsito, fazem escoltas, desbloqueiam rodovias, combatem a exploração sexual, o contrabando, o crime ambiental, além dos tráficos de armas, drogas, pessoas e animais.

Além de exercer as atribuições definidas por lei, a PRF se destaca no cenário da segurança pública nacional. Por sua importância estratégica, está integrada em diversas ações do governo federal, como Plano Nacional de Fronteiras, combate ao tráfico de drogas, especialmente o crack, Plano Nacional de Enfrentamento à Violência no Trânsito e segurança de Grandes Eventos. Dessa forma, a Polícia Rodoviária Federal vem se consolidando como a polícia ostensiva da União.

NUCOM PRF/PI

COMPARTILHAR:

+1