Empresa apresenta projeto para produção de energia solar em prédios públicos


Com a aprovação da resolução 482 da Agencia Nacional de Energia Elétrica, os projetos que visam à produção de energia elétrica a partir de unidades de microgeração foram regulamentadas, o que assegurou garantias para pequenos processos de produção de energias.

Com irradiação solar de 2093 kWh/m2/Ano, Teresina possui condições técnicas favoráveis para produção de energia elétrica a partir do sol. Além de condições técnicas, o governo contribui para a chegada de empresas interessadas em investir no estado. Essa atitude já vem trazendo resultados positivos.

Representantes da Solstício Energia, empresa fundada a partir de experiências realizadas na Unicamp, apresentaram ao secretário de Mineração, Petróleo e Energias Renováveis, Edson Ferreira, um plano para instalação de placas fotovoltaicas para produção de energia solar em prédios públicos do Piauí. A medida vai ajudar no fornecimento de energia em escolas, hospitais e outros prédios.

O diretor técnico da empresa, Bruno Wilmer Fontes Lima, ressaltou a importância dessas ações que contribuem com o desenvolvimento energético do estado. O interesse da Solstício Energia em investir no Piauí se dá pelas condições favoráveis que o estado apresenta.

Edson Ferreira acrescentou que após a finalização do projeto, ele será encaminhado ao governador Wilson Martins para serem discutidas como serão executadas as etapas de instalação. O secretário ressaltou o interesse do governo em realizar parcerias com universidades para desenvolver projetos que influenciem na melhoria da qualidade dos serviços.

João Magalhães
Assessoria de Imprensa da Seminper

COMPARTILHAR:

+1