publicidade

publicidade

Gurupi vence Parnahyba no final e entra na zona de classificação

Gurupi e Parnahyba fizeram um jogo com poucas chances de gol (Foto: Gil Correia)
Camaleão dá o troco no time do Piauí e assume o segundo lugar do grupo A2. O gol da vitória só veio aos 41 minutos do segundo tempo

O Gurupi-TO venceu o Parnahyba-PI por 1 x 0, neste domingo (28), no estádio Rezendão, em Gurupi. O jogo fechou a sexta rodada do grupo A2, do Campeonato Brasileiro da Série D, e colocou o time tocantinense novamente na zona de classificação à próxima fase.

Durante a semana, o que mais se ouviu do time tocantinense é que a partida seria o momento de dar o troco. A derrota no primeiro turno, no Piauí, por 2 x 1, aos 48 minutos do segundo tempo, não foi esquecida pelo Gurupi.

O desejo do Camaleão todos sabiam, mas quando o jogo, no estádio Rezendão, em Gurupi, começou a história foi diferente do imaginado pelo torcedores locais. O Parnahyba se postava bem em campo e não oferecia oportunidades de gol ao adversário. O problema para o time do Piauí é que também não criava. Assim, o primeiro tempo foi sonolento e de má qualidade técnica.
No intervalo o meio-campo Alessandro do Parnahyba não escondeu a estratégia.

- Viemos com o pensamento de não perder, um ponto é bom.

O técnico do Gurupi, Glauber Souza, pensava diferente.

- Precisamos adiantar a zaga e os volantes, estão fazendo ligação direta e não é desse jeito que vamos conseguir o resultado - disse em tom aborrecido.

No segundo tempo, novamente os desejos do Gurupi não se realizavam em campo. O Parnahyba é quem começou a chegar mais próximo de marcar. Depois de alguns sustos no goleiro Pitanga, o time da casa acordou.

Aos 29 minutos, o atacante Lourival - que voltava de suspensão - recebeu a bola e girou em cima do marcador para chutar e quase acertar o ângulo do goleiro Robson. Aos 37 minutos, Neuran chutou, dentro da área, a bola desviou na zaga e acertou a trave antes de ir para a linha de fundo.

Aos 41 minutos, o Gurupi saiu do sufoco. Lourival, principal artilheiro do time, fez o trabalho de 'garçom' mesmo sem querer. Ele dominou na área e na hora de bater dividiu com a defesa, a bola sobrou para o atacante Héder, que havia entrado no segundo tempo, que marcou o gol.

Depois do gol, o Parnahyba se atirou ao ataque em busca do empate. O time do Tocantins aproveitou os espaços e quase ampliou com Thomaz e Lúcio Bala. Aos 48 minutos, o zagueiro Edson Santiago, do Gurupi, foi expulso após uma falta. O minuto restante dos acréscimos não foi suficiente para o Tubarão chegar ao gol. Final: Gurupi 1 x 0 Parnahyba.

O técnico do Parnahyba, Paulo Moroni, mostrou seriedade ao comentar o resultado.

- As duas equipes precisavam da vitória e se abriram no segundo tempo, sofremos o gol, faz parte.

Lúcio Bala em apenas uma frase resumiu o sentimento do Gurupi.

- Gurupi é assim mesmo, devolvemos na mesma moeda.

Com o resultado, o Gurupi voltou à zona de classificação. Os tocantinenses reassumiram o segundo lugar no grupo A2 com 9 pontos, dois a menos que o líder Salgueiro-PE e dois a mais que o terceiro colocado, Parnahyba.

No próximo domingo (04/08), o Gurupi enfrenta o Ypiranga-AP, em Macapá. No mesmo dia, o Parnahyba joga contra o Maranhão, em Parnaíba.

Por Fabrício Soveral – Globo Esporte

COMPARTILHAR:

+1

Música do Dia