publicidade

publicidade

Jovens relatam experiências de fé durante a JMJ Rio 2013


Os jovens da Diocese de Parnaíba participantes da Jornada Mundial da Juventude realizada no Rio de Janeiro, relatam fortes experiências de fé e de convívio fraterno durante o encontro com o Papa Francisco. A grande maioria ainda não havia participado das jornadas anteriores.

Foram vários momentos de reflexão, estudos e reavivamento da fé, os jovens receberam de Francisco I a missão de levar a Cristo a todas as nações, levando em consideração três bases: a oração, os sacramentos e a ajuda ao irmão. O Papa também pediu que os jovens sejam autênticos cristãos.


Para Muryllo, da Paróquia Frei Galvão, o momento mais forte foi quando na caminhada rumo a Copacabana, para encontrar o sumo pontífice, os jovens cada um na sua língua, exaltou a Deus e a juventude, e o mais emocionante foi que todos se entenderam. Christiana, da Paróquia de Santa Ana, destacou o silêncio vivenciado durante a vigília com o Papa Francisco, quase quatro milhões de jovens em Copacabana e o mais profundo silêncio solicitado pelo sucessor de Pedro. Lucas, da Paróquia de Santa Ana, falou dos testemunhos apresentados durante a vigília, em especial do jovem que pegou um tiro por proteger o dinheiro arrecadado pelo seu grupo para irem a JMJ. Todos destacaram também o sorriso carismático e acolhedor do Papa Francisco, este que várias vezes esteve bem próximo dos jovens.

O grupo Expresso Santa Ana Galvão tem muitas histórias para contar, e que levará pra vida toda, e falam da certeza da continuação do discipulados, da vontade de serem missionários em sua Diocese, para animarem e fortalecerem a fé de tantos outros jovens que precisam de uma palavra amida e do calor de sua juventude.

Por Ana Christina Damasceno 
Correspondente da Diocese de Parnaíba

COMPARTILHAR:

+1

Música do Dia