publicidade

publicidade

Punido pelo STJD, Tubarão continua com mando de campo do Verdinho

Apaixonada torcida do Parnahyba Sport Club
Clube pagará R$ 100 em multa e não conta com lateral direito Barata na próxima partida do Brasileiro; Jogador foi punido por agressão em campo

Às vésperas do julgamento que deve confirmar ou não a conquista do bicampeonato estadual nos tribunais, o Parnahyba conta as perdas de outro impasse judicial. O Tubarão será obrigado a pagar multa de R$ 100 como punição pelas condições estruturais dos vestiários do Estádio Verdinho, em Parnaíba (PI), apontadas por Yungo Paiva, árbitro da partida entre Parnahyba e Gurupi-TO, no dia 14 de julho. Apesar de branda, a punição foi aplicada na noite desta quarta-feira (7), na sede do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), no Rio de Janeiro.

Na súmula da partida, consta a falta de abastecimento de água e de energia elétrica nos vestiários da arbitragem. O clube corria risco de perder o mando de campo no restante da Série D do Campeonato Brasileiro.

Além do bolso mais vazio, a diretoria foi surpreendida com mais uma perda: o lateral direito Barata levou gancho de duas partidas pela agressão, assinalada na mesma partida, que culminou na pena. Resta ao jogador, contudo, um jogo a ser cumprido, já que o camisa 8 havia ficado fora do empate diante do Maranhão, conquistado no dia 20 de julho, em São Luiz.

- A punição nos pegou de surpresa, mas confesso que de forma positiva. Dentro de nossas previsões, achávamos que a multa em dinheiro seria maior. Em todo caso, vamos efetuar o pagamento e estudar uma forma de contornar a parda do Barata, que vem atuando no time principal – conta José Lima, presidente do Parnaíba.

Com o direito de atuar no Estádio Verdinho, o Tubarão folga na 8ª rodada da fase de classificação e, na rodada seguinte, volta a se dedicar ao Brasileirão. O clube piauiense encara o Ypiranga-AP, no dia 18 de agosto, em Macapá.

Globo Esporte

COMPARTILHAR:

+1

Música do Dia