publicidade

publicidade

Empresas abertas em 2013, já passam de 15 mil no Piauí‏


De janeiro a novembro deste ano, o número de empresas abertas cresceu em relação ao igual período do ano passado. A agilidade na hora de abrir seu negócio tem contribuído para o aumento. A Junta Comercial do Piauí agilizou o atendimento ao público e fez isso investindo em tecnologia da informação, o que tem facilitado a abertura de empresas no Estado do Piauí.

“A Junta Comercial é um cartório que tem que valorizar e dar suporte no seu aspecto de tecnologia da informação, justamente porque nós recebemos todo o acervo e todo o registro das empresas do Piauí. Como foi dito, nós avançamos significativamente no número de empresas abertas no estado”, explicou o presidente da Junta, José Eduardo Pereira Filho.

Segundo o presidente, ano passado foram 14.850 empresas abertas. Neste ano já passam dos 15 mil, antes do final deste ano. O significado disso é um melhor atendimento ao público, uma melhor condição tecnológica e é com essa facilitação que aumentará cada vez mais o número de empresas abertas.

A Jucepi está se pautando numa meta de fazer com que o tipo jurídico empresário, que é a antiga firma individual, também possa num futuro breve, no início do próximo ano, ser feito via internet. Somando os tipos jurídicos, a Junta possui 80% do movimento pela internet.

Essa tecnologia está disponibilizada com um suporte feito na sede principal, estabelecendo um novo momento para a tecnologia de informação, com uma equipe gabaritada, e com o intuito de que essa tecnologia possa avançar para o interior do estado, nos demais postos da Jucepi.

“Estamos fazendo todas as melhorias cabíveis para que o empresário passe efetivamente a ser tratado com tapete vermelho isso possa melhorar o desenvolvimento do Estado”, finalizou Eduardo.

Geórgia Benvindo - Assessora de Imprensa

COMPARTILHAR:

+1

Música do Dia