publicidade

publicidade

Vereadores e população discutirão dia 3 Orçamento Municipal para 2014


O presidente da Comissão de Finanças e Orçamento da Câmara Municipal, vereador Gerivaldo Benício, já definiu para o dia 3 de dezembro a data da realização da audiência pública que discutirá, com setores representativos da sociedade civil organizada, o Orçamento Municipal para 2014.

“Já foi feita uma consulta pública, pela Prefeitura, onde algumas equipes foram formadas para discutirem com a comunidade o Orçamento Participativo. Agora é a vez dos vereadores também ouvirem a população, colhendo as opiniões que vão nortear as emendas que serão apresentadas por eles ao orçamento”, destacou Gerivaldo, salientando a importância da participação nesta audiência, de representantes dos setores da sociedade civil, como presidentes de sindicatos, associações, lideranças comunitárias, enfim, pessoas que possam ajudar na definição do que deve ser prioritário na aplicação dos recursos.

Gerivaldo disse estar otimista com relação à mudança de postura do prefeito Florentino Neto, comparativamente à de seus antecessores, que na hora de executarem o orçamento esqueciam o que havia sido definido com os segmentos sociais, fato que, na opinião do vereador, tem desencantado as pessoas que costumavam participar destas discussões e que atualmente pouco comparecem a elas.

“MUITOS RECURSOS”

“Parnaíba vai dar um grande salto em seu orçamento, saindo dos 256 milhões previstos para este ano (2013), passando para 325 milhões para o ano que vem, que o prefeito poderá mexer, remanejando de uma secretaria para outra, após apresentar o projeto à Câmara. O orçamento 2014 prevê, aproximadamente, 30 milhões por mês”, comenta Gerivaldo, que se diz também confiante na disposição do prefeito em dar maior assistência à zona rural, “onde há muitos não há nenhum tipo de investimento e onde existe um déficit muito grandes de ações administrativas”. Disse ainda o vereador que no próximo dia 23 o prefeito vai se reunir com os vereadores para analisarem os requerimentos que estão sendo apresentados por eles, a fim de darem um sentido às reivindicações feitas.

“Não votei no Florentino mas sou entusiasta de sua administração. Ele tem tudo para ficar na história como o maior prefeito desta cidade. Ele recebe, conversa, ouve o vereador, coisa que o prefeito passado não fazia. Em 4 anos acredito que o prefeito vá fazer muito”, concluiu.

Por Bernardo Silva

COMPARTILHAR:

+1

Música do Dia