Campo Maior pretende vai mais de 2 milhões com aluguel de transportes


A Prefeitura de Campo Maior vem fazendo uma verdadeira farra com alugueis de carros. No inicio deste ano foram assinados sete contratos com cinco secretarias. Coincidentemente todos com a empresa Locar Transportes. Os contratos só foram publicados agora no dia 25 de junho deste ano.

A reportagem só conseguiu localizar sete contratos, mas não é possível afirmar se foram só estes.

A Secretaria Municipal de Saúde pretende gastar R$ 612 mil, a Secretaria de Infraestrutura R$ 398 mil, o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) R$ 30 mil reais e as secretarias municipais de administração (SEMAD) e a de educação (SEDUC) assinaram dois contratos. A SEMAD assinou um de 552 mil e outro de 70 mil reais. Já a SEDUC assinou um de R$ 145 mil e outro no valor de 130 mil. Esta ultima secretaria possui quase que 11 ônibus e ainda assim faz contratos de alugueis de veículos.

Ao todo, o prefeito Paulo Martins prevê torrar praticamente R$ 2 milhões de reais com a farra de alugueis de transportes que em alguns casos são feitos apenas para favorecer aliados. Há quem diga que a empresa Locar esteja apenas sendo usada. A manobra funcionaria da seguinte forma: a Locar vence os contratos, e depois cede para outras empresas ou pessoas ligadas ao prefeito. Assim foi feito com as empresas de ônibus que levam os universitários a Teresina. Os transportes são sub locados. A denúncia inclusive já foi feita ao Ministério Público por uma empresa que se sentiu prejudicada com o processo. Traduzindo, a empresa Locar, ganha, mas não leva!

Campo Maior em Foco

COMPARTILHAR:

+1