publicidade

publicidade

PSTU apresenta denúncia ao Ministério Público Eleitoral contra Zé Filho


Na manhã desta terça-feira (09/07), o candidato ao governo do estado pelo PSTU, Daniel Solon, a vice Solimar Silva e o candidato ao Senado Geraldo Carvalho, juntamente com demais representantes do partido, compareceram ao MPF para apresentarem denuncia contra o governador Zé Filho, sobre propaganda eleitoral irregular.

A denúncia apresentada foi sobre a divulgação de mensagens eleitorais em período fora dos prazos estabelecidos pela Lei que regulamenta as eleições. Um dos fatos ocorreu no dia 18 de maio de 2014, primeiro jogo da final do campeonato piauiense, onde se verificou uma grande faixa na arquibancada com os dizeres: “Zé, o povo te quer”.


Já no segundo jogo da final do campeonato piauiense, dia 25 de maio de 2014, foram distribuídos bonecos de papelão com a imagem do governador Zé Filho e a frase: “Bote Fé no Zé!”, o que demonstra claramente uma autopromoção da pessoa do governador.

De acordo com Geraldo Carvalho, apesar de não haver proibição para os representantes públicos participarem de eventos e atividades políticas, a divulgação de mensagens eleitorais nestas ocasiões é vetada pela legislação eleitoral, pois a pessoa se utiliza da condição de agente público para levar ao conhecimento geral, ainda que de forma dissimulada, sua candidatura.

Além da possibilidade de tais ações serem caracterizadas como propaganda eleitoral extemporânea, Daniel Solon ainda alerta para a apuração de outro crime muito mais grave, que é a utilização ilegal de recursos públicos nesse tipo de campanha disfarçada. A distribuição de brinde foi feita dentro do estádio Albertão, um espaço mantido pelas finanças do Estado, em jogos cujos ingressos foram distribuídos/subsidiados pelo governo.

Por Jáder Barrozo
Assessoria de Comunicação

COMPARTILHAR:

+1

Música do Dia