Bancada discute com Felipe Mendes garantia de recursos hídricos para o Piauí




O presidente da Codevasf ressalta a necessidade de projeto de grande porte para o Estado

A Bancada do Piauí esteve reunida com o presidente da Codesvasf, Felipe Mendes, na manhã desta quinta-feira (2), para tratar de projetos para o Piauí, especialmente na área recursos hídricos, como irrigação e abastecimento de água. Os parlamentares também debateram sobre as obras prioritárias a serem incluídas na LDO, Lei de Diretrizes Orçamentárias, que tem o prazo final até o próximo dia 9.

O presidente da Codevasf, Felipe Mendes, apresentou as obras em andamento como o projeto Marrecas-Jenipapo, que está 65% executado, no Assentamento Marrecas, próximo ao município de São João do Piauí. O projeto beneficia 200 famílias de produtores do assentamento e prevê 600 empregos indiretos. Também destacou as obras em andamento nas barragens de Atalaia e de Tinguis, em Brasileira. Ao final, o presidente fez um pedido à Bancada: a inclusão de uma grande obra para o Estado. “É importante que a Bancada inclua projetos de grande porte para o Piauí na Codesvasf”, destacou Felipe Mendes.

O coordenador da Bancada do Piauí, senador Elmano Férrer, afirmou que o prazo a Lei de Diretrizes Orçamentárias 2016 vai do dia 2 a 9 de julho. E ressaltou a necessidade da união dos parlamentares para conseguir destinar recursos para grandes obras no Estado, incluindo obras gerenciadas pela Codevasf. “O momento é de articular o orçamento para efetivar benefícios aos piauienses”, disse Elmano.

Durante o encontro, o deputado Júlio César ressaltou que a Codesvaf precisa lutar para que não haja contingenciamento de recursos para os projetos em andamento. Já o deputado Marcelo Castro ressaltou que há uma cultura que a Codesvaf tratar apenas do Vale do São Francisco e pediu mais atenção ao Vale do Parnaíba. O parlamentar também sugeriu que a transposição do Rio São Francisco se estenda para o Rio Parnaíba e Rio Canindé, favorecendo regiões do semiárido do Estado. “Essa obra resolveria o problema hídrico do Estado, pois levaria água para regiões mais necessitadas”, afirmou. A senadora Regina Sousa também esteve presente na reunião e destacou a necessidade dos recursos da LDO para obras do Estado.

Prioridades

A Bancada também discutiu sobre obras prioritárias para o Estado, que foram apresentadas ao Ministério do Planejamento para serem incluídas no Programa de Aceleração do Crescimento, o PAC 3. Entre elas, a duplicação das BR’s 316, de Teresina até à Estaca Zero (80 km), e 343, de Teresina até Piripiri (165 km). Além disso, a Bancada elegeu como prioridade a conclusão dos Platôs de Guadalupe e Tabuleiros Litorâneos.

Por Thaizys Val
COMPARTILHAR:

+1